Por conta da pandemia do novo coronavírus, a equipe de balonismo Céu Azul, de Rio Claro, decidiu prestar uma homenagem aos profissionais que atuam na linha de frente de combate à doença. Para mostrar esse reconhecimento pelo importante trabalho prestado à sociedade, o piloto do balão, comandante Rodrigo Barrote, e a sócia-proprietária da Céu Azul, a arquiteta Luiza Pacagnella, levaram o 3°-sargento Dalton Porto, o soldado do Corpo de Bombeiros, Carlos Eduardo Augusto, o motorista de caminhão Bruno Mosca, o coletor Ricardo Aragão, a Drª Roberta Lisi, e a enfermeira Regina Uscello para um voo de agradecimento pelos esforços aplicados.

“A ação teve como principal objetivo levar um pouco de leveza, cor e alegria aos profissionais que estão à frente dessa batalha, admiramos a coragem desses profissionais em sair para trabalhar, muitas vezes deixando seus pais e filhos em casa, enfrentando jornadas exaustivas de trabalho, que consomem suas poucas horas de descanso e lazer”, destacou a equipe da Céu Azul Balonismo.

A campanha foi realizada através de Instagram da Céu Azul Balonismo e da Decora By Lu, da arquiteta Luiza Pacagnella, nos quais o profissional de linha de frente interessado em realizar o voo de balão deveria contar sua história. A partir daí foram selecionados os homenageados.

A Céu Azul ressaltou que a ação só foi possível devido ao apoio de empresas parceiras: “Vale lembrar que a ação teve caráter social, sem fins lucrativos e só foi possível graças aos nossos patrocinadores: Josan Negócios Imobiliários, Maurício Negócios Imobiliários, Decora By Lu, Art Design Plotagem
Vet Souza, Vitalis Farmácia de manipulação. Gostaríamos de agradecer também: DL produções, Drone Zone, Gabriel Marconi e Academia da Força Aérea Brasileira”.

Apesar de reunir apenas alguns dos muitos profissionais da linha de frente, a equipe que idealizou a ação acredita que a campanha sirva como homenagem a todas estas pessoas: “Agradecemos a todos que nos escreveram e acreditamos que foram muito bem representados, aliás sabemos que outros profissionais também estão à frente do combate, mas a nossa intenção é que todos se sintam homenageados”.