Vereador Felipe Beloto se diz preocupado com situação financeira da Santa Casa de Araras

234
Ramon Rossi

Em Araras o vereador Felipe Beloto (PL) chamou a atenção nas redes sociais ao postar um vídeo com o provedor da Santa Casa Eduardo de Morais nesta semana.

Atualmente o Hospital convive com sérios problemas financeiros que, apesar dos esforços empreendidos pela Irmandade de Misericórdia, mantenedora do hospital para equacionar os custos e pendências, e as articulações com governos para trazer verbas para melhorias, a situação por lá ainda é complicada. Em visita ao local, o parlamentar se diz preocupado com a situação do Hospital São Luiz.

Durante o encontro, Beloto atualizou junto ao provedor a tramitação de documentos para manutenção de verba no valor de R$ 3 milhões do governo federal, já garantidos para a compra de um acelerador linear, que virá a ser instalado no futuro centro de tratamento de câncer que a Santa Casa vai criar.

O centro, por sua vez, será erguido no terreno doado pela Prefeitura de Araras, cuja escritura está para ser lavrada, após a Câmara ter aprovado, há duas semanas, uma alteração no projeto de lei que amparava a doação, retificando marcos confrontantes para concluir o ato e transferir definitivamente a área – na avenida Prefeito Milton Severino – para o hospital.

Contribuição na conta de água

O provedor também atualizou o parlamentar sobre as tratativas da Santa Casa para obtenção de crédito junto à Caixa Econômica Federal com recursos do FGTS (Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço), mecanismo que foi alvo de gestões entre o vereador ararense e o deputado federal do PL Miguel Lombardi, sendo que ambos inclusive estiveram em Brasília/DF para tratar do assunto.

 “Estamos buscando agilizar o crédito e acreditamos que em mais algumas semanas o governo federal libere essa linha de financiamento pois as santas casas de todo o Brasil estão aguardando”, disse ele.

Além desses assuntos, Beloto e Eduardo de Moraes também conversaram sobre um instrumento que é tido como dos mais importantes para assegurar um aporte importante de recursos para a Santa Casa de Araras, que é a doação espontânea de valores por parte da população por meio da conta de água emitida pelo Saema (Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente) de Araras.

Ex-presidente da autarquia entre os anos de 2014 e 2016, Felipe Beloto deu início aos estudos, no último ano de sua gestão à frente do Saema, para que a captação de recursos nas contas de água pudessem ser feitas.

Já na Câmara, como vereador, foi defensor veemente da aprovação do Projeto de Lei que ampara legalmente a operação. “Batalhamos junto aos colegas do Legislativo para que esse projeto fosse aprovado”, relembrou ele.

O provedor disse que os entendimentos e providências internas do Saema avançaram ao longo dos últimos meses, e que há boa expectativa de que em outubro ou novembro a autarquia já possa disponibilizar o campo de doação de valores nas contas de água – cada proprietário de imóvel terá que autorizar o acréscimo do montante escolhido para ser repassado mensalmente à Santa Casa.

O vereador assumiu com o provedor o compromisso de, finalizadas as providências e oficializada a intermediação do Saema para captar essas doações, manter junto aos colegas do Legislativo uma postura de defesa e permanente divulgação desse canal de apoio financeiro que pode ajudar muito a Santa Casa de Misericórdia de Araras. “Será decisivo para que essa importantíssima instituição possa recuperar sua saúde financeira, tendo em vista que a Santa Casa atende milhares de pessoas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e que os recursos são sempre inferiores à grande demanda que ela abraça. Temos certeza de que muitos ararenses entendem a importância de somar esforços para ajudar nosso hospital mais estratégico para a qualidade de vida da população”, disse o parlamentar.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: