Velo Clube decide seu futuro na A2 contra o Barretos

166

Favari Filho

Guilherme; Mizael, Andrezão, Duda e Adriano Garça (Flavinho); PC, Everaldo (Léo Aquino), Niander e Cristian (Leandro); Flávio Carioca e Artur. Este foi o escrete que o treinador Candinho Farias colocou em campo no último embate da AE Velo Clube na partida contra o EC Água Santa no último sábado (15), no Estádio Benito Agnelo Castellano, na qual o time da casa ficou com a melhor, fechando o placar em 2X1. A vitória proporcionou ao Rubro-Verde um fôlego, porém ainda é crítica sua situação no tradicional certame promovido pela Federação Paulista de Futebol [FPF].

Para ficar na A2

Batendo o adversário deste fim de semana, o Galo Vermelho fica fora da Zona de Rebaixamento e garante a permanência na temporada 2018.

Depois de uma semana intensa de treinamentos no Benitão, figurando na décima quarta colocação da tabela com vinte e três pontos conquistados em oito jogos, cujos resultados foram seis vitórias, cinco empates e sete derrotas, ao Rubro-Verde interessa apenas o êxito sobre o Barretos EC neste DOMINGO (23), às 16 horas, para escapar do rebaixamento! Fora de casa, no Estádio Antônio Gomes Martins, o Fortaleza, na Capital Nacional do Rodeio, os jogadores entram nas quatro linhas em busca dos três pontos para descolar da Z6 que, até o momento, está completa com as seguintes agremiações: EC XV de Piracicaba; EC Barretos; Capivariano FC; Mogi Mirim EC; Rio Preto EC; e UA Barbarense FC.

Cabe destacar que todos os jogos da décima nona e última rodada da temporada 2017 da série A2 do Campeonato Paulista acontecem no mesmo horário e que o confronto entre o Galo Vermelho e o Touro do Vale deve ser acirradíssimo, uma vez que o BEC – que ocupa a décima sexta posição com vinte pontos – também briga para escapar do regresso à série A3. Vale lembrar que, caso haja necessidade, os critérios de desempate previstos pela FPF são, respectivamente: maior número de vitórias; maior saldo de gols; maior número de gols; menor número de cartões vermelhos; menor número de cartões amarelos; e, por fim, sorteio público na sede da entidade que promove o evento esportivo que segue alegrando as torcidas com a sua septuagésima segunda edição!

Qual sua opinião? Deixe um comentário: