O Velo Clube celebra, nesta sexta-feira (28), 110 anos de história vivendo a expectativa do retorno do Campeonato Paulista da Série A-3, no qual a equipe tentará subir para a divisão de acesso do futebol paulista. Em sua história mais recente, um técnico se tornou ídolo da torcida por ter conseguido esse feito. João Vallim teve duas passagens pelo clube (2010 a 2012 e 2015 a 2016), levou o Rubro-verde da Segunda Divisão, equivalente à última divisão, para o Paulista da Série A-2 em 2010. No dia do aniversário do time velista, o técnico relembra sua passagem pelo clube e os momentos marcantes.

“Minha passagem pelo Velo Clube foi uma das melhores da minha vida profissional, quando me identifiquei muito com o clube, torcida e cidade, trabalhei com a cabeça tranquila para desenvolver meu trabalho da melhor forma possível. Consegui concluir meu projeto junto com a diretoria de colocar o time na Série A-2 em três anos. O objetivo foi alcançado em apenas um ano e um mês, já que estávamos na A-2 com dois anos de ‘gordura’”.

João relembra dos momentos marcantes no Velo Clube e diz não se arrepender de nenhuma decisão que tomou em suas passagens pelo clube.

Publicidade

“A melhor lembrança foi o acesso para Série A-2, com o Estádio Benitão lotado, bonito e, após o apito final, a sensação de missão cumprida. Arrependimento, nenhum, pois, passei a me identificar e familiarizar muito com o clube. A maior dificuldade foi no início do projeto, quando pegamos o time na última divisão e com muito tempo sem conquistar um acesso. Tivemos que organizar tudo desde o começo para conseguir nossos objetivos”.

O treinador é sempre lembrado pelo torcedor do Velo Clube, que tem uma enorme gratidão e carinho por Vallim. Questionado sobre um possível retorno ao time, o técnico deixa o caminho aberto.

“A torcida do Velo é maravilhosa, se identificou comigo desde o início, e é uma torcida que joga com o time do começo ao fim das partidas, era meu 12° jogador. Sempre fui grato pelo carinho que eles têm por mim. Quem sabe um dia a volta se encontre, estamos sempre abertos para um acerto profissional. Hoje o Velo está bem servido de profissionais competentes”.

O treinador parabeniza o Velo Clube pelos 110 anos e deseja que o time possa voltar o quanto antes para as competições de ponta.

“Parabéns ao Velo pelos seus 110 anos, desejo que, o mais rápido possível, o Velo Clube retorne para o mais alto patamar do futebol paulista. Feliz aniversário e vai Velão”.

Mais em Esportes: