O sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais, disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), registra oficialmente nove candidaturas à Prefeitura de Rio Claro nas eleições majoritárias deste ano. É o maior número desde o pleito de 1982, quando 10 candidatos disputaram o Poder Executivo.

Conforme o JC havia noticiado, até a última semana eram nove postulantes. O número alterou-se com a chegada de Heitor Tommasini, último a anunciar a candidatura. Em chapa pura do PTC, ele tem como candidato a vice-prefeito Jair Pereira e a sigla não forma nenhuma coligação. Além dele, também é candidato a prefeito o Delegado Nivaldo, com a candidata a vice-prefeita Geise Valente, ambos do PDT.

Também em chapa pura há o candidato a prefeito Dr. Affonso Salati e o candidato a vice-prefeito Pastor Edmilson, do PSC. Gustavo Perissinotto é candidato a prefeito pelo PSD com o candidato a vice Rogério Guedes (PSL) através de coligação com o PL e o Cidadania. João Guilherme é candidato ao Executivo pelo PT e a candidata a vice-prefeita é Olga Salomão. Márcia Berbel é candidata a prefeita com o candidato a vice Carlinhos Klain, ambos do PSB.

Maria do Carmo Guilherme é candidata do MDB com o candidato a vice Alcir Russo, do PTB, em coligação com o PSDB. A professora Aldenir Cardoso é candidata a prefeita do PSOL com o vice Henrique Bonaldo.

Por fim o atual prefeito João Teixeira Junior, o Juninho, é candidato à reeleição pelo Democratas com o candidato a vice Capitão Sossai, do Progressistas, em coligação com o Republicanos, Podemos e Solidariedade.

Câmara

Para disputar vagas na Câmara Municipal de Rio Claro, o TSE registrou 401 candidaturas a vereador (a).

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política:

PL oficializa Rogério e confirma Grillo a vice

Após polêmica em Ipeúna, Piracicaba anuncia barragem