Tocha Olímpica custará cerca de R$ 15 mil para RC

100

Matheus Pezzotti

A Tocha Olímpica chegou ao Brasil no dia 3 de maio e, dentre as mais de 300 cidades que participarão do revezamento, em Rio Claro, o evento vai acontecer às 7h do dia 20 de julho. O trajeto será de 3.200 m e 16 pessoas serão incumbidas de carregar o artefato. Mas, apesar do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, juntamente com os patrocinadores do evento, arcarem com as despesas nestas cidades, para cada uma, de acordo com o próprio Comitê, é pedido o auxílio de policiamento do perímetro e organização do trânsito.

“O beijo”, quando uma tocha encosta na outra para transmitir a chama olímpica no revezamento
“O beijo”, quando uma tocha encosta na outra para transmitir a chama olímpica no revezamento

Além destas exigências, a prefeitura de Rio Claro informa que também disponibilizará ambulância e fará um evento de celebração da chegada da Tocha, que será no estádio Schmidtão, final do trajeto na cidade. “A estimativa inicial é de que os custos girem em torno de R$ 15 mil. Rio Claro não cogita desistir da passagem da Tocha Olímpica”, diz a prefeitura em nota envidada por sua assessoria de comunicação quando questionada a respeito pela Redação do JC.

Sobre as 16 pessoas que irão participar do revezamento, a prefeitura diz que houve solicitação do Comitê Olímpico do Brasil (COB) para Rio Claro enviar documentação de pessoas com visibilidade esportiva na cidade e, diante disso, o COB escolheu o armador do RC Basquete, Eric Tatu, e o atirador olímpico da Fossa Double, Filipe Fuzaro.
Os demais condutores são escolhidos pelos patrocinadores oficiais do evento e a relação final dos nomes ainda não foi divulgada. Mas, até o momento, a Redação do JC apurou que o também atirador da Fossa Double, Leonardo Raposo, e o jovem Kauan Alves Talarico, de 16 anos, também irão carregar a Tocha, por meio de promoções de patrocinadores do evento.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: