Streamings: Amazon Prime é o primeiro grande rival da Netflix

133
Marcos Veloso – Oficina Geek

Por anos a Netflix reinou soberana no mercado de streamings e tornou-se o modelo a ser batido, mas recentemente a Amazon, que já vinha há anos tentando equilibrar o jogo, entrou de vez na briga com uma manobra arriscada. O baixo valor da mensalidade e a inclusão de outros serviços além do vídeo, tornaram a empresa uma opção mais vantajosa, embora sua interface ainda seja muito inferior à concorrente.

Com um conteúdo exclusivo de qualidade semelhante e novas produções que enchem os olhos, como Deuses Americanos e The Boys, a empresa uniu ao plano mensal o serviço de varejo com frete grátis, a Prime Music – concorrente direta do Spotify – e ainda conta com o Prime Reading e Twitch Prime, plataformas de games e livros. Tudo isso num plano de R$ 9,99 ao mês. Tornando-se extremamente mais barato que os R$ 21,90 mensais cobrados pela Netflix em seu plano mais básico, e com outros serviços inclusos, a empresa ainda tem um longo caminho de inteligência a percorrer, mas encontrou uma forma de atrair novos assinantes no mercado nacional. A Amazon Prime Vídeo ainda produz uma série de Senhor dos Anéis que recebe mais investimento que Game of Thrones.

Jeff Bezos, o presidente da empresa, é atualmente o homem mais rico do mundo e mostra que não irá medir esforços para produzir conteúdo de qualidade e revolucionar o mercado. Embora ainda tenha um longo caminho pela frente, a Amazon entra de vez no jogo, mas não deve conseguir manter os baixos valores por muito tempo. Esta é a segunda matéria da nossa série sobre todos os grandes streamings que devem chegar ao mercado brasileiro, fiquem atentos para as novidades nas redes sociais da Oficina Geek, ou aqui no JC Rio Claro.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: