A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, por meio do Centro de Tecnologia e Inovação, e a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) assinaram um protocolo de intenções que prevê novas ações de acessibilidade destinadas a cinco cursos da universidade: Engenharia de Produção, Engenharia de Computação, Pedagogia, Matemática e Tecnologia em Gestão Pública. O termo foi oficializado durante oSeminário Internacional de Capacidade Jurídica e Tomada de Decisão Apoiada da APAE, que aconteceu nos dias 20 e 21/09, na sede da Secretaria, na capital do Estado.  A assinatura contou com a participação da secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella e da presidente da Univesp, a pedagoga Fernanda Gouveia.

No 2º semestre de 2018, após o processo de expansão iniciado em 2017, a Univesp passou a contabilizar 349 alunos matriculados com algum tipo de deficiência, entre elas, físicas, intelectual, auditivas, visuais, transtornos, autismo e superdotação. O próximo passo será a criação de um plano de trabalho, elaborado por técnicos de ambas instituições.  As iniciativas podem ser direcionadas à criação de cursos de formação e aplicação de novos recursos e materiais pedagógicos direcionados aos diversos tipos de deficiências.

Sobre o Centro de Tecnologia e Inovação

Em dezembro de 2013, o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado de Direitos da Pessoa com Deficiência, inaugurou o primeiro Centro de Tecnologia e Inovação para pessoas com deficiência. Localizado na Rodovia dos Imigrantes km 11,5, em São Paulo, o Centro é composto por quatro casas e um teatro com capacidade para 50 pessoas, conta com mil metros quadrados construídos e abriga 30 ambientes que oferecem orientação, aconselhamento profissional, atividades artísticas para estimular a relação interpessoal, laboratório de imagem e autocuidado, orientação e mobilidade para pessoas com deficiência visual com oficinas de libras, braile e comunicação alternativa. Há atividades para formação de gestores de políticas e profissionais que trabalham com gestão de pessoas com deficiência e também para os profissionais, através de cursos de atualização para órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, manutenção e cuidado para cadeira de rodas e formação de cuidadores ou atendentes de pessoas com deficiência.

Sobre a Univesp

Criada em 2012, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo é uma instituição exclusivamente de educação a distância, mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI). Entre seus principais parceiros, destacam-se o Centro Paula Souza (CPS), USP, Unesp, Unicamp e Unifesp. Em junho de 2017, a nova gestão deu início ao plano de expansão, com o objetivo da universalização do ensino superior. Em um ano, já foram ofertadas mais 55 mil vagas em 330 polos do Estado, localizados em 287 municípios. A Univesp oferece os cursos de Tecnologia em Gestão Pública, Engenharias de Produção e Computação, Licenciaturas em Biologia, Química, Física, Matemática e Pedagogia. Os cursos da instituição são realizados em ambiente virtual, que garante a interação do estudante com o tutor, além de disponibilizar videoaulas, bibliotecas digitais e os conteúdos pedagógicos.