A festa será realizada na Central de Agronegócio, localizada na Rua 3-A, 1155, na Vila Martins

Divulgação

A festa será realizada na Central de Agronegócio, localizada na Rua 3-A, 1155, na Vila Martins
A festa será realizada na Central de Agronegócio, localizada na Rua 3-A, 1155, na Vila Martins

Bem sucedida no ano passado, em sua primeira edição, com excelente público e renda para os expositores participantes, os rio-clarenses verão, nos dias 30 e 31 de maio, a 2ª Festa da Cachaça, que reunirá 14 produtores dos municípios de Rio Claro, Piracicaba, Taquaritinga, Araraquara, Serra Negra, Santa Rita do Passa Quatro, Charqueada e Limeira. No sábado, dia 30, a festa permanecerá aberta ao público das 18 às 22 horas e, no domingo (31) funcionará das 10 às 20 horas.

A festa será realizada na Central de Agronegócio, localizada na Rua 3-A, 1155, na Vila Martins, onde também é montada, às terças e sextas-feiras, a Feira do Corujão. Além da tradicional cachaça, o evento comercializará licores de jabuticaba, anis, café, amêndoa e canela, entre outros sabores. Os produtos são apresentados em embalagens de 500 a 1000 ml, com preço médio de R$ 10.

Os produtos poderão ser degustados nas barracas e os organizadores da festa, que tem apoio das secretarias municipais de Agricultura e de Cultura, informam que haverá também praça de alimentação, drinques à base de cachaça e programação musical, que está em fase de elaboração.

O manejo da cana utilizado pelos engenhos que produzem a cachaça segue normas de qualidade. “Desde o plantio, o processo de fabricação das nossas cachaças de alambique já é diferenciado”, explica o produtor João Spolador.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Prefeitura altera trânsito na Visconde com a Avenida 32

Prefeito de Santa anuncia abono salarial de R$ 400,00 em dezembro