A Prefeitura de Rio Claro, através da Fundação Municipal de Saúde, comunicou na tarde de ontem (3) que equipes completas de médicos estão trabalhando nas duas UPAs, no Bairro do Estádio (Avenida 29) e Cervezão. A informação foi repassada após a reportagem do JC consultar o poder público diante das manifestações de que poucos médicos estariam atendendo nos locais.

O vereador Rafael Andreeta (sem partido), por exemplo, esteve na noite de segunda-feira na UPA da Avenida 29 e, segundo ele, na ocasião apenas dois médicos estariam atendendo, o que teria gerado longa fila de pacientes aguardando por atendimentos. A Fundação de Saúde, no entanto, ressaltou que ninguém ficou sem atendimento.

“Os atendimentos nas UPAs são realizados a partir de classificação de risco e não por ordem de chegada. Com isso, o tempo de espera é maior para os casos mais leves, já que as urgências são atendidas com prioridade. Na noite de segunda-feira (2) a Unidade de Pronto Atendimento da Avenida 29 funcionou com quadro completo de médicos. Na tarde dessa terça-feira (3) também não houve falta de profissionais”, comunicou. A reportagem questionou a Prefeitura sobre qual seria a quantidade correta para o quadro de médicos, no entanto, não houve retorno da Secretaria Municipal de Comunicação até o fechamento desta edição.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.