Rio Claro tem nova Árvore da Liberdade 130 anos após primeiro plantio

    244

    Rio Claro realizou na manhã deste sábado (14) o plantio de uma nova Árvore da Liberdade, originária da que foi plantada há 130 anos como símbolo da Proclamação da República no Brasil. “Vivemos hoje um momento de felicidade, pois estamos fazendo história e relembrando nossos antepassados que também fizeram história ao plantarem há 130 anos a Árvore da Liberdade”, afirmou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “Não é apenas uma árvore, é a perpetuação de parte da nossa história”, disse.

    O evento deste sábado, na Praça da Liberdade, em frente ao Fórum, reproduziu a cerimônia original, realizada em 14 de dezembro de 1889, com jovens conduzindo as bandeiras dos estados brasileiros e a apresentação do Hino da França, uma vez que, naquela época, o país ainda não tinha um hino oficial. A banda da Guarda Mirim também apresentou os hinos nacional e de Rio Claro.

    José Antonio Escher, presidente do Conselho Maçônico, observou que a árvore, com a sombra de sua copa, simboliza a sociedade que é capaz de acolher a todos, sem distinção. O ex-deputado Aldo Demarchi lembrou a importante participação de Rio Claro na Proclamação da República, inclusive com rio-clarenses que alcançaram expressão nacional.

    Para o vereador Geraldo Voluntário, com o novo plantio Rio Claro está dando continuidade à história e destacou que a nova árvore é um dos 15 clones feitos por técnicos da empresa Suzano Celulose.

    Também estiveram presentes os vereadores André Godoy, presidente da Câmara, e Julinho Lopes; o vice-prefeito Marco Antonio Bellagamba; a superitendente do Arquivo do Município, Mônica Frandi Ferreira; o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti; o Ouvidor Municipal, Ricardo Naitzke;  Ellery Sebastião Domingos de Moraes, presidente da Guarda Mirim; e representantes do Grupo Escoteiros Santa Cruz.

    Qual sua opinião? Deixe um comentário: