Estão abertas em Rio Claro, até o dia 16 de novembro, as inscrições para o curso de capacitação on-line Começando um Negócio de Sucesso, voltado a mulheres com deficiência. As interessadas devem acessar o formulário pelo link: https://bit.ly/SebraeDelasTodasinRede. Também podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Cultura e falar com a assessoria municipal da Pessoa com Deficiência pelo telefone 3522-8000, para mais informações.  O curso é gratuito.

A atividade tem apoio da prefeitura e é desenvolvida pelo governo estadual no Programa Todas in-Rede, da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com o Sebrae.

O curso tem carga horária de 10 horas de capacitação, mais duas horas de mentoria por plataforma digital que permitirá a interação entre as participantes.

A ação é voltada ao apoio e fortalecimento do empreendedorismo feminino e comemora também o Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino, celebrado em 19 de novembro. Totalmente gratuito, o curso está em sua quarta turma e será realizado de 22 a 26 de novembro, das 9 horas às 11h30.

Durante o curso as alunas terão orientação sobre como abrir um negócio e o passo a passo para o planejamento de uma empresa de sucesso. Ao completar a capacitação, há facilitação de crédito para o capital de giro.

Paulo Meyer, assessor dos Direitos da Pessoa com Deficiência, destaca que essa é mais uma oportunidade na busca da autonomia e geração de renda para mulheres com deficiência. “Mais uma vez salientamos o papel da secretária de estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, nesses avanços”.

A assessora dos Direitos da Mulher, Melissa Camilo, ressalta que as dificuldades oriundas da pandemia vêm reforçando o quanto as mulheres são essenciais para o sustento familiar. “Trazer um programa como esse para Rio Claro é acreditar no potencial dessas mulheres, em especial as mulheres com deficiência, que precisam de oportunidades de crescimento profissional”, destaca, lembrando que inclusão não é apenas incluir em um espaço, mas oferecer condições de permanência. “E aprender a empreender é uma forma de valorizar essas mulheres e garantir o espaço delas dentro da economia do município”.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Prefeitura altera trânsito na Visconde com a Avenida 32

Prefeito de Santa anuncia abono salarial de R$ 400,00 em dezembro