Rio Claro Basquete inicia sua participação na LDB

147

Matheus Pezzotti

Equipe rio-clarense é uma das estreantes da competição que envolve a categoria Sub-22 de times de nove Estados do país, além do Distrito Federal.
Equipe rio-clarense é uma das estreantes da competição que envolve a categoria Sub-22 de times de nove Estados do país, além do Distrito Federal

Nesta sexta-feira (24), tem início a quinta edição da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), no Praia Clube, em Uberlândia, que será a sede única da primeira etapa.

Com três quadras localizadas em seu extenso ginásio de 4.926 m², o Praia Clube abrigará as 84 partidas da primeira etapa da competição Sub-22. Cada time disputará sete jogos no Triângulo Mineiro até o dia 02 de agosto.

Nesta temporada, o campeonato contará com 23 equipes, de nove Estados do país, além do Distrito Federal, além da participação inédita da Seleção Brasileira Sub-17, que usará a experiência para se preparar para o Campeonato Sul-Americano, competição classificatória para a Copa América Sub-18 de 2016.

Além do selecionado verde-amarelo Sub-17, mais cinco equipes participarão pela primeira vez da LDB: Rio Claro Basquete, Concórdia (SC), Campo Mourão (PR), Internacional de Regatas, de Santos (SP) e o Pequeninos Rhema Basketball, de Campina Grande (PB), primeiro clube paraibano a disputar a competição. Outra novidade é o retorno do Palmeiras e do São José/Unimed.

“Antigamente, um jogador de 19 anos, tinha seu destino fadado. Ou ele já tinha virado jogador ou não tinha chances de prosseguir a carreira. A LDB dá mais três anos de possibilidade para esses jovens talentos. Um campeonato da divisão, extremamente estruturado, chancelado pelo Ministério do Esporte, com equipes do Brasil inteiro. É um vestibular para quem quer seguir carreira no basquete”, diz Leonardo Figueiró Alves, técnico da equipe.

As demais equipes participantes são: Joinville, Basquete Cearense (campeão invicto em 2014), Basquete Curitiba, Bauru (campeão em 2012), Botafogo (RJ), Brasília, Flamengo (campeão em 2011 e 2013), Franca, Grêmio Náutico União (RS), Limeira, Macaé, Minas Tênis Clube, Paulistano, Pinheiros, Sport Club do Recife e Unitri/Praia Clube (MG).

Na última edição, o Basquete Cearense conquistou um feito inédito e consagrou-se campeão invicto (Foto: Luiz Pires/LNB)
Na última edição, o Basquete Cearense conquistou um feito inédito e consagrou-se campeão invicto (Foto: Luiz Pires/LNB)

De acordo com o regulamento, as 24 equipes se enfrentarão em turno único na fase de classificação, dividida em cinco etapas diferentes. Cada time jogará no mínimo, 23 partidas e ao final da fase classificatória, os oito melhores colocados avançarão à fase final. Os oito times serão divididos em dois grupos e os dois melhores de cada passarão às semifinais, que assim como a decisão, será jogada em partida única.

O time rio-clarense conta com 13 atletas, sendo três de Rio Claro e sua base é o time Sub-19, que atualmente está em terceiro lugar no Paulista e estreia nesta sexta-feira, às 14h, contra o Botafogo. No dia seguinte, enfrenta o Flamengo e no domingo, São José. Na segunda-feira (27), encara Macaé, depois, no dia 31, Franca. Joga contra Bauru no dia 1º de agosto e Limeira no dia 02.

“É uma equipe muito aguerrida, defensivamente bem forte e até por ser debutante, os jogadores estão extremamente motivados. No regulamento, diz que o jogador que disputa a LDB, está automaticamente vinculado ao clube por dois anos. Se ele sair, tem que ter o aval do clube, para fortalecer a formação do atleta. Como é um campeonato organizado pela Liga Nacional, os jogadores são ligados à equipe que disputará o NBB e estarão à disposição do técnico Marcelo Tamião, mas vou tentar não liberar, mas a prioridade é a equipe Adulta. Então, ele precisando, a prioridade é dele, não tem o que discutir”, finaliza Léo, que também é auxiliar de Tamião no time Adulto.

PAUSA PARA ESTUDO
Os atletas, técnicos e assistentes das equipes terão a oportunidade de aprender mais. Nos dias 28, 29 e 30 de julho, durante a pausa das partidas da primeira etapa da competição Sub-22, profissionais da NBA ministrarão palestras para os treinadores e clínicas para os atletas das equipes envolvidas.

Os norte-americanos Bryan Gates, assistente técnico do New Orleans Pelicans (NBA) na última temporada e o ex-atleta Kevin Burleson, que já jogou pelo Charlotte Bobcats (NBA) e em clubes da Europa, serão os comandantes das clínicas durante a primeira leva de jogos.

Esta ação é mais um fruto da parceria entre LNB e NBA, firmada em dezembro do ano passado. As duas entidades vem trabalhando em conjunto e já realizaram uma série de ações na última temporada, como a vinda do mascote do Phoenix Suns e as dançarinas do Orlando Magic na Final do NBB; o Congresso Técnico da LNB, que contou com a presença de três profissionais da NBA e a partida entre Flamengo e Orlando Magic, que será realizada no dia 17 de outubro, no Rio de Janeiro.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: