Escultura de autoria do artista Vilmo Rosada foi restaurada e recebeu pintura na juba, o que gerou discussões

A escultura do leão, existente em monumento instalado dentro do Parque Municipal do Lago Azul, foi restaurada pela Prefeitura de Rio Claro. A obra foi esculpida pelo artista Vilmo Rosada – escultor autor de outros monumentos do município – e recebeu processo de limpeza, fato que não ocorria havia anos. “A iniciativa tem como objetivo preservar símbolos municipais, valorizando o patrimônio cultural de Rio Claro. Ao preservar estas esculturas, a Prefeitura pretende também valorizar e dar maior visibilidade às obras do grande escultor Vilmo Rosada”, comunica.

Presente no brasão da bandeira municipal criado pelos professores Dr. Zulmiro Ferraz de Campos e Carlos Hadler, que fora transformado em lei em 1932, o leão em ouro em repouso simboliza o povo rio-clarense descansando após vitórias políticas e liberdade conquistada.

Na escultura, feita de fundição de latão com bronze, a juba do leão recebeu a cor dourada, o que na original não constaria, segundo registros anteriores. O trabalho de limpeza dos monumentos está sendo coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura. Consultada sobre qual tipo de estudo foi elaborado para a pintura e o porquê da opção pela mesma ao invés de apenas a limpeza, a Prefeitura não respondeu.

Publicidade

A mudança gerou debate entre a população, que está dividida sobre o resultado apresentado. Enquete sobre o assunto está disponível no ‘stories’ do perfil do JC no Instagram. Acesse @jcrioclaro, vote e dê a sua opinião. Até o fechamento desta edição, a maioria reprovava a alteração.

Mais em Dia a Dia:

Previsão do tempo desta quinta-feira (22)

Morre Fernando Monteselli, ex-presidente do Veteranos Rio Claro