Retorno presencial deve acontecer a partir de fevereiro em SP

O Governo de São Paulo anunciou o retorno gradual às aulas presenciais para o ano letivo de 2021. O decreto que autoriza a retomada das aulas em todas as fases do Plano São Paulo ocorrerá de forma regionalizada, obedecendo aos critérios de segurança. Para tomar decisões sobre a volta às aulas nas escolas particulares, previsto a partir de fevereiro, o município de Rio Claro utilizará como referência as determinações do estado.

Para gestores educacionais, inúmeras são as perdas com a proibição das aulas presenciais no município desde o início da pandemia e que é possível fazer a retomada de forma segura aos docentes e discentes.

“As principais perdas são de origem pedagógica. As crianças, notadamente da rede pública, vêm sofrendo um déficit de aprendizado e discrepância de oportunidades. O Colégio Objetivo, desde o início do isolamento, se estruturou, montou estúdios de transmissão de aulas, qualificou seus professores e pôde entregar um ensino de qualidade aos seus alunos. Sabemos que esta não é a realidade da maioria das crianças. Além disso, a falta de sociabilização no âmbito escolar é extremamente prejudicial ao desenvolvimento das crianças”, destaca Marco Antonio B. Jacob, mantenedor do Objetivo Rio Claro.

A retomada deverá obedecer critérios rigorosos de segurança nas práticas educacionais. A higienização do espaço escolar, a manutenção do distanciamento, a aferição da temperatura dos alunos na entrada da escola e a utilização de equipamentos de proteção individual que promovam a segurança de professores, alunos e todos os envolvidos no processo educacional são imprescindíveis.

“Além disso, o Colégio Objetivo seguirá à risca as determinações do Plano São Paulo. Acreditamos que essa ações coordenadas e transmitidas às famílias com clareza e celeridade, promoverão um retorno seguro à toda comunidade escolar”, reforça Jacob. “Balizamo-nos pelas declarações dadas tanto pelo governador do estado, João Doria, quanto pelo prefeito recém-empossado, Gustavo Perissinotto, em que ambos garantem as aulas presenciais com base nas diretrizes do Plano São Paulo. Sendo assim, temos a certeza do retorno presencial em 2021”, completa.

No Colégio Puríssimo, foram adotadas as aulas síncronas desde o início do isolamento social em 2020, de modo que com a rápida tomada de decisões e o uso da tecnologia, foi garantida a continuidade da aprendizagem em todos os níveis. Porém, a unidade avalia que a falta do convívio social, principalmente para os alunos menores, são essenciais para garantir a identidade e autonomia das crianças. “Os alunos apesar de não perderem conteúdo, não estão acostumados com as aulas on-line, de modo que ficaram mais cansados e desinteressados ao final do ano letivo, porque a relação entre eles e os professores estava limitada. Já para os professores, foi um ano mais desgastante, precisaram criar e reinventar para que as aulas continuassem interessantes, mas tivemos um final de ano com sucesso no rendimento e medalhas em olimpíadas, como de costume”, explica a diretora Inez Terezinha Augusti .

Durante todo o ano de 2020 houve um preparo em termos de segurança sanitária no Puríssimo. Foi criado um protocolo sanitário e o quadro de colaboradores para praticarem todas as medidas de segurança e higiene, a fim de garantir um retorno seguro para todos. Os espaços foram preparados com placas e adesivos sinalizadores, termômetros, dispensers de álcool em gel, tapetes sanitizantes, espaço para atendimento individualizado caso necessário, e salas de aula adaptadas para as aulas híbridas. Além disso, iremos inaugurar novos espaços e melhorias que foram feitas ao longo do ano.

Sobre a expectativa para a autorização das aulas presenciais na rede particular, a diretora avalia que o Puríssimo está preparado para o retorno, independente da data autorizada. “Continuaremos garantindo a educação de excelência aos nossos alunos por meio do investimento em cientificidade e desenvolvimento tecnológico. Nosso ambiente colaborativo e o trabalho em equipe foram e são essenciais no enfrentamento dos desafios, equipe na qual, também, incluímos as famílias, essenciais na adaptação para os novos cenários em um mundo de constantes transformações. Esperamos ver todos em breve, porém, todos saudáveis e prontos para novos desafios”, conclui.

Mais em Dia a Dia:

Taxa de transmissão da Covid-19 está acima de 1

Temporal assusta moradores em vários bairros de Rio Claro

Araras registra mais três mortes por Covid-19