RC já fez três jogos nesta temporada do NBB, mas ainda não conseguiu o resultado positivo

Matheus Pezzotti

Equipe jogou desfalcada contra o Pinheiros e Palmeiras, e acabou derrotada nos dois primeiros jogos, ambos no Felipão
Equipe jogou desfalcada contra o Pinheiros e Palmeiras, e acabou derrotada nos dois primeiros jogos, ambos no Felipão

Dois jogos em casa, duas derrotas. Esse é o desempenho do RC Basquete em sua estreia no NBB até o momento. Agora, o time buscará a primeira vitória no nacional fora de casa, já que nesta quarta-feira (12), às 20h, o time encara a Liga Sorocabana, no ginásio Gualberto Moreira.

No entanto, pela primeira vez, o técnico Chuí terá todo o elenco à disposição, embora que com restrições. O pivô Estevam, que jogou as duas primeiras partidas, ainda está se recuperando da cirurgia no joelho, não está com totais condições físicas, mas será novamente uma das opções. O mesmo acontece com o armador norte-americano Brown, que, depois de duas semanas fora por conta de uma lesão na perna, fará a sua estreia.

Publicidade

Retorno certo é do pivô Tischer. Suspenso contra o Pinheiros por conta da briga com o ala Da Silva, do Palmeiras, na estreia, o camisa 99 voltará à quadra até a realização do julgamento do caso, que fora relatado na súmula.

“Teremos o retorno parcial do Brown. Isso anima o grupo e também com o retorno do Tischer teremos mais opções e poderemos revezar mais os jogadores em quadra. O Brown está apto para jogar, ficou duas semanas sem treinar, mas vai para o jogo, talvez no máximo uns 20 minutos, o que já vai nos ajudar muito”, afirma o técnico Chuí.

Em amistoso preparatório para o NBB, as equipes se enfrentaram no Felipão e, na ocasião, vitória rio-clarense por 102 a 92 depois de muita confusão, com abandono de quadra do técnico Rinaldo Rodrigues em protesto pelas marcações da arbitragem.

Durante entrevista para a redação do JC após o jogo-treino, Rinaldo seguiu provocando o time rio-clarense, dizendo que, se o projeto dele estivesse na cidade, o time estaria disputando o Sul-Americano novamente. Provocações à parte, Chuí espera por um jogo difícil, mas levado com seriedade, já que a Liga Sorocabana tem uma vitória (contra Macaé: 96 a 73) e uma derrota (contra o Flamengo: 92 a 97) também jogando diante da sua torcida.

“Agora é jogo do campeonato. Se passar dos limites, será penalizado. A Liga Sorocabana é uma boa equipe, do nível da nossa, e jogará em casa. Tem uma média maior de pontos, mas temos que jogar como estamos jogando, buscando o resultado. Jogando em casa, às vezes o jogador passa do limite para mostrar serviço e agora vamos jogar fora. Eles fazem um bom primeiro quarto, de maneira intensa e temos que entrar do mesmo jeito. Lançamos um desafio aos jogadores de estrearmos no NBB. Ainda não estreamos porque não vencemos e esperamos que seja neste jogo”, finaliza o treinador.

Depois deste jogo, pela quarta rodada, o RC Basquete fará outro jogo fora de casa, na próxima sexta-feira (14), às 20h, contra o Paulistano, no ginásio Antonio Prado Jr.

Mais em Esportes: