RC Basquete sente ausências e cansaço e perde para o Pinheiros

46

Matheus Pezzotti

RC tirou a diferença de 16 pontos, passou sete à frente, mas sentiu o desgaste no final
RC tirou a diferença de 16 pontos, passou sete à frente, mas sentiu o desgaste no final

Ainda não foi em seu segundo jogo que o RC Basquete venceu em sua primeira participação no NBB. Pela segunda rodada, em jogo disputado nesta sexta-feira (7), novamente no Felipão, o time rio-clarense perdeu para Pinheiros, que fez a sua estreia, por 70 a 84 (35 a 38 no primeiro tempo).

Com as parciais 11 a 27, 24 a 11, 24 a 22 e 11 a 24, o cestinha foi o ala/armador Joe Smith, com 21 pontos. Seu irmão, o armador Jason, marcou 16. Por Rio Claro, o ala/pivô Mosso e o ala/armador Duda Machado marcaram 14.

RC teve as ausências do pivô Tischer, suspenso pela briga no jogo contra o Palmeiras e do armador Brown, que segue com lesão na perna, além de Estevam que ainda não está com totais condições de jogo por conta da recuperação da cirurgia no joelho, mas mesmo assim, esteve em quadra.

Sem muito rodízio de jogadores, sentiu o cansaço e Pinheiros, que fazia sua estreia, estava com o time completo e no último quarto, aproveitou o cansaço natural de RC para vencer o jogo.

O time rio-clarense volta a jogar pelo NBB 7 na próxima quarta-feira (12), às 20h, contra a Liga Sorocabana, fora de casa.

RESULTADOS
Mogi das Cruzes 60 x 61 Minas; Franca 81 x 73 Brasília; São José 80 x 52 Uberlândia, Bauru 99 x 81 Basquete Cearense; Paulistano 82 x 76 Macaé e Liga Sorocabana 92 x 97 Flamengo. O jogo entre Limeira x Palmeiras será disputado na segunda-feira, dia 17, às 20h, no Ginásio Vô Lucato.

A matéria completa você confere na edição impressa de sábado (8), do Jornal Cidade.

1 COMENTÁRIO

  1. Tem que rir de quem escreveu o título da matéria. Não tem essa desculpa de cansaço. A verdade é que o time de Rio Claro é BEM LIMITADO. Não entrem no mesmo joguinho propagandista do Breda e do Dú Altimari, que adoram pegar o microfone para vender ilusões. O povo de Rio Claro não é besta! Aliás, já que o basquete conta por detrás com o Breda e o Dú, não poderia se esperar outra coisa a não ser tomar bordoada em cima de bordoada na Liga Nacional. No fundo, quem não é alienado e acompanha o MÍNIMO da atual política municipal, torce para que o basquete se lasque!

Qual sua opinião? Deixe um comentário: