Projeto de basquete busca por parceiros

99

Matheus Pezzotti

Daniel Guedes (à esquerda) e Álvaro Pacheco durante o programa Jornal de Esportes, da Rádio Excelsior Jovem Pan News, 1.410 kHz
Daniel Guedes (à esquerda) e Álvaro Pacheco durante o programa Jornal de Esportes, da Rádio Excelsior Jovem Pan News, 1.410 kHz

Na última sexta-feira (6), o diretor de esportes do Clube de Campo, Daniel Guedes, e o coordenador do projeto de basquete, o ex-jogador Álvaro Pacheco, participaram do Jornal de Esportes, da Rádio Excelsior JP News.

Falaram sobre a aprovação de dois projetos com a Lei de Incentivo Paulista ao Desporto a este projeto e da busca de captação de verbas para este trabalho, voltado para as categorias Sub-12, Sub-13 e Sub-14.

Segundo Guedes, as empresas que são recolhedoras do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) podem participar com limite de até 3% do imposto devido. “Agora estamos em busca de conseguir captar os recursos. As empresas podem participar sem custo real para isso, ou seja, elas deixam de pagar o imposto e destinam uma parte ao projeto”, diz.

Álvaro acredita que seja possível fazer um trabalho mais direcionado aos fundamentos do basquete, visando criar jogadores capacitados para a cidade.

“Temos tudo para desenvolver e difundir o basquete, e da quantidade conseguir extrair a qualidade. Caso não se torne jogador, com certeza vai se tornar um cidadão, porque na nossa filosofia trabalhamos o respeito, educação, disciplina, notas na escola, desempenho pessoal e em equipe”, comenta.

Atualmente com as três categorias do Clube de Campo, com outro projeto social de Álvaro e sua escolinha são atendidas cerca de 500 crianças. “Mas a nossa ideia é ampliar o trabalho para atender, no futuro, cerca de duas mil crianças, aproveitando o projeto como um fator educacional, mas também dando sustentação às equipes de Rio Claro com futuros talentos”, finaliza Guedes.

Visitas

Os interessados em conhecer o projeto devem ligar para a secretaria do Clube de Campo, pelo telefone 3534-8700, para agendar uma visita.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: