Prefeitura esclarece arrecadação do PID aos servidores municipais

57

Carine Corrêa

Referente à proposta apresentada em assembleia aos servidores municipais nessa terça-feira (7), a Prefeitura de Rio Claro encaminhou uma nota em esclarecimento à informação repassada aos trabalhadores pelo SINDMUNI – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal.

Durante a assembleia, o sindicato afirmou que, em uma audiência com o desembargador na última sexta-feita (3) na capital paulista, a prefeitura havia proposto que todo o recurso arrecadado com o PID-2014 (Programa de Pagamento Incentivado da Dívida Ativa) seria destinado para o pagamento das dívidas com os servidores municipais, que inclui, além das horas extras atrasadas, o 13º e Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).

Por intermédio da assessoria de imprensa, a prefeitura esclareceu a proposta, que segue na íntegra abaixo.

“Na reunião em São Paulo foi conversado que a prefeitura abriria as portas da Secretaria de Economia e Finanças para representantes do funcionalismo acompanharem de perto a movimentação das finanças públicas do município, enquanto a administração municipal busca recuperar o seu caixa para pagar as horas extras em atraso dos meses de junho e julho. A prioridade continuaria sendo o pagamento em dia dos salários e da segunda parcela do 13º salário. Em relação ao PID, em momento algum, na reunião em São Paulo, foi proposto que sua arrecadação ficasse atrelada exclusivamente ao pagamento das horas extras em atraso, mas sim ao pagamento da folha – com salários, férias, 13º e horas extras”, encaminhou em nota o governo municipal.

Uma nova assembleia está programada entre o sindicato e servidores municipais para ocorrer nesta quinta-feira, 9, às 10h.

A greve teve início no dia 23 de setembro e completa quase 15 dias da adesão de 250 servidores das área da Saúde e Segurança. Uma nota encaminhada pela municipalidade recentemente afirmou que, até o último sábado (4), o pagamento de salários e horas extras dos servidores estaria na conta bancária dos funcionários. Além do pagamento integral dos salários de setembro, seriam pagas as horas extras de agosto.

DU ALTIMARI

O prefeito de Rio Claro, Du Altimari, falou sobre o assunto em entrevista durante o Jornal da Manhã, pela Rádio Excelsior Jovem Pan, na manhã desta quinta-feira. Para conferir o áudio na íntegra, basta clicar no player abaixo.

1 COMENTÁRIO

  1. na matéria diz que a prefeitura vai pagar o ISSQN… como isso? não entendi… ISSQN de quem? o ISSQN é a prefeitura quem recebe….. texto errado???????????

    Durante a assembleia, o sindicato afirmou que, em uma audiência com o desembargador na última sexta-feita (3) na capital paulista, a prefeitura havia proposto que todo o recurso arrecadado com o PID-2014 (Programa de Pagamento Incentivado da Dívida Ativa) seria destinado para o pagamento das dívidas com os servidores municipais, que inclui, além das horas extras atrasadas, o 13º e Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).

Qual sua opinião? Deixe um comentário: