A partir desta quinta-feira (7), motoristas devem circular com farol baixo nas rodovias durante o dia. Medida é prevista em lei

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, alinhado com as ações do programa Respeito à Vida – São Paulo Dirigindo com Responsabilidade e ao Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011-2020 (ONU), realizou no período compreendido entre 00h de 21 de fevereiro de 2020 (sexta-feira) e 23h59min de 25 de fevereiro de 2020 (terça-feira), a Operação “Carnaval 2020”, nos mais de 22.000 km da malha rodoviária do Estado de São Paulo.

Nos cinco dias de Operação Carnaval foram mobilizados todos os recursos humanos e materiais disponíveis, o que ensejou no empenho de mais de 3.500 homens e mulheres distribuídos de forma estratégica em 125 Bases Operacionais e em mais de 800 viaturas. Utilizou-se também 998 etilômetros (passivos e ativos), 107 radares portáteis, bem como a utilização de drones, visando garantir a segurança pública e a fluidez do trânsito nas rodovias.

A diminuição significativa da violência no trânsito (vitimas graves e principalmente o número absoluto de vítimas fatais) é resultado das mais de 650 Operações de Fiscalização de Trânsito realizadas para constatação de condutores que tenham ingerido bebida alcoólica (Operações Direção Segura Seletiva) com o emprego dos novos equipamentos de indicação de uso de álcool, denominados etilômetros passivos (bafômetro). Também foram realizadas operações com ênfase em ultrapassagens proibidas, o uso de cintos de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças, uso do celular (smartphone) ao volante e o excesso de velocidade. Cabe ressaltar que maioria dos acidentes poderiam ter sido evitados, pois em grande parte dos casos, a causa desses sinistros está relacionada à imprudência, negligência ou imperícia dos condutores ou pedestres, sendo que das 14 vítimas fatais, 08 morreram em colisões, o que corresponde a 57,14% do total de mortos, sendo importante destacar que esse é menor número de pessoas vitimadas fatalmente em acidentes de trânsito nas rodovias paulistas nos últimos 20 anos na Operação Carnaval.