SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O mágico e ilusionista estadunidense Val Valentino, cujo nome verdadeiro é Leonard Montano, que no Brasil ficou conhecido pela alcunha de Mister M, revela que tinha poucos meses de vida em 2017, ano em que ficou sabendo que tinha câncer na próstata.

De acordo com ele, porém, uma mensagem de outra dimensão o curou da doença. Mister M é o convidado desta quarta-feira (8) do The Noite com Danilo Gentili, no SBT. “Pensei que, se outras pessoas se curaram, eu também conseguiria. Recebi uma mensagem de outra dimensão de como eu poderia me curar e, graças a Deus, ainda estou aqui”, diz.

Em outubro de 2017, Mister M deu entrevista ao programa Balanço Geral, da Record, e revelava a doença. Na ocasião, contou que um amigo brasileiro, Fernando Mauro Tezza, havia organizado uma vaquinha virtual para levantar fundos para seu tratamento.

Ao programa, Valentino contou ainda que estava com a saúde debilitada, mas só conseguiu um diagnóstico preciso dias depois. “Fui diagnosticado com algo muito ruim na próstata”, disse sem querer mencionar a palavra câncer.

Atualmente ele está impossibilitado de voltar aos Estados Unidos por causa da pandemia do coronavírus. No programa ele também vai relembrar as ameaças de morte que ele recebia depois que mostrava como eram feitos os truques de ilusionismo, no Fantástico (Globo).

De acordo com o mágico havia um complô contra ele. “Os mágicos formaram uma organização contra a revelação dos truques. Eles juntaram dinheiro para contratar um gângster e me assassinar. Isso está documentado”, revela.

No mundo todo, Val ficou conhecido como Masked Magician, o Mágico Mascarado. Mas como era difícil traduzir para o dialeto brasileiro, o ilusionista conta que a Globo quis que ele utilizasse o nome Mister M.