Massacre no Benitão: Velo Clube é goleado por 6 a 2 pelo Novorizontino

81

Matheus Pezzotti

 Desfalcado e desconfigurado em campo, Velo Clube foi goleado

Desfalcado e desconfigurado em campo, o Velo Clube foi dominado e goleado no Benitão

Um massacre. A noite do último sábado (28), do Velo Clube se resume a esta palavra, além do desastre em campo, na goleada sofrida em casa para o Novorizontino, por 6 a 2, pela 13ª rodada da série A-2.

O Rubro-Verde segue com 14 pontos, na 15ª colocação, dois mais que o Catanduvense, primeiro time no Z-4 e volta a jogar no próximo sábado (4), às 15h, contra o Santo André, fora de casa.

O JOGO
Início truncado, mas com erros de passes dos dois times. O Velo atacou primeiro, após enfiada de Judson para Leleco, o goleiro Veloso saiu e dividiu com o atacante.

Mas aos 13 minutos, em contra-ataque, Pereira recebeu na direita, chutou cruzado, Rafael espalmou errado, para frente, e Cleo, livre, apenas escorou.

Aos 18, novamente pela direita, Pereira foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro, a zaga deixou passar e Thiago Pereira, sozinho na esquerda, bateu para ampliar.

Com Niander na lateral-direita, o meio de campo do Velo era inexistente na criação e marcação, dando muitos espaços.

Aos 30, Pereira recebeu na ponta esquerda, livre, nas costas de Niander e bateu rasteiro no canto para marcar o terceiro. Aos 35, novo ataque pela direita (setor esquerdo do Velo), Pereira bateu cruzado e Beto, livre no lado oposto, escorou e marcou o quarto.

No segundo tempo, o Rubro-Verde seguiu com os mesmos problemas e aos 14, Pereira bateu falta no travessão. Mas aos 25, marcou um belo gol, após contra-ataque pela esquerda, cruzamento rasteiro que o camisa 10 dominou, cortou o marcador e bateu forte.

Depois, o Novorizontino ‘tirou o pé’ e Niander foi para o meio e Marquinhos para a lateral. As duas situações fizeram o Velo melhorar e aos 28, Diego Higino descontou com chute rasteiro de fora da área. Aos 31, Diego Higino chutou de fora, a bola bateu na zaga, no travessão e na sobra, Renatinho marcou o segundo do Velo que seguiu pressionando, mas aos 40, Teco fez pênalti em Pereira e aos 42, ele mesmo bateu, marcou seu terceiro gol no jogo e fechou a goleada.

FICHA TÉCNICA
VELO CLUBE 2 x 6 NOVORIZONTINO
Local: estádio Benito Agnello Castelano, em Rio Claro.
Público: 318 pagantes.
Renda: R$ 5.730,00.
Árbitro: Paulo Sergio dos Santos.
Assistentes: Marco Antonio Gonzaga da Silva e William Rogério dos Santos Turola.
Cartões amarelos: Niander (Velo Clube) e Bruno Peroni e Jackson (Novorizontino).
Gols: Diego Higino aos 28’/2T e Renatinho aos 31’/2T (Velo Clube) e Cleo aos 13’/1T, Thigo Pereira aos 18’/1T, Pereira aos 30’/1T, Beto, aos 35’/1T, Pereira aos 25’/2T e aos 42’/2T (pênalti).

VELO CLUBE
Rafael Pin; Niander, João Victor, Tiago Bernardi e Calixto; Dogão (Teco), Marquinhos, Ricardinho (Renatinho) e Judson; Diego Higino e Leleco. Técnico: João Vallim.

NOVORIZONTINO
Veloso; Marcelinho, Marcelo Bispo, Bruno Peroni e Thiago Pereira (Carlinhos); Deda, Jackson (Guilherme), Pereira e Lucas Newiton (Adriano); Cleo e Beto. Técnico: Guilherme Alves.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: