Mais 39 famílias recebem chaves do Santa Lúcia

84

Divulgação

ato realizado no auditório da Secretaria de Habitação
Ato realizado no auditório da Secretaria de Habitação

Nessa sexta-feira, 17, mais 39 famílias com renda de zero a R$ 1.600,00 foram contempladas com as chaves de casas que a prefeitura de Rio Claro entregou, no final da tarde, em ato realizado no auditório da Secretaria de Habitação.

As unidades se referem ao Residencial Santa Lúcia, que está localizado no Jardim Boa Vista. Com essas 39 novas unidades, o município completa 152 moradias entregues no referido residencial, de um total de 182 casas previstas para finalizar o empreendimento, que está sendo construído pelo município em parceria com o governo federal, dentro do programa Minha Casa, Minha Vida.

“Estamos bem perto de concluir este empreendimento, que certamente tem um significado de vida nova, de recomeço, para as pessoas que estão recebendo as chaves de seus imóveis”, ressaltou a secretária de Habitação Maria José Stivalli. “Pouca coisa é mais gratificante do que este momento, para vocês, mutuários, e para nós, gestores municipais, que temos orgulho em participar desta solenidade”, declarou o prefeito Du Altimari, que destacou o fato do município estar recebendo investimentos no setor habitacional nunca vistos na história.

As moradias do Residencial Santa Lúcia, como todas as centenas de unidade habitacionais que a prefeitura entregou desde 2009, são regularizadas e são adquiridas pelos mutuários por um preço de, no máximo, R$ 10 mil, com prazo de 10 anos para quitação do imóvel. Além disso, os projetos incluem infraestrutura completa e casas com sistema de aquecimento solar. A preço de mercado, cada unidade tem valor estimado em R$ 100 mil, sem considerar a valorização futura que o imóvel certamente terá.

Os vereadores João Zaine – presidente da Câmara, Agnelo Matos e Júlio Lopes também participaram da solenidade, que teve a presença de dezenas de pessoas. “É uma alegria receber a casa, acho que agora vai dar para trocar o carrinho”, afirmou Adriano Vieira, que paga R$ 350,00 de uma casa no Jardim das Palmeiras e passará a pagar mensalidades de R$ 56,00 de seu imóvel no Santa Lúcia. “A casa própria é um passo enorme para estruturar melhor a vida”, comentou Sirlei Ribeiro, que acompanhou a irmã que foi uma das pessoas a receberem as chaves das mãos do prefeito.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: