SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Charles Leclerc, que largou na segunda posição no GP da Áustria neste sábado (10), fez três ultrapassagens durante a prova sobre o pole position, Max Verstappen, e garantiu sua terceira vitória na temporada.

O atual líder do ranking mundial estava sofrendo pressão de Carlos Sainz no circuito de Spielberg, casa da Red Bull, quando a Ferrari teve um problema no motor e saiu da pista. Houve um princípio de incêndio no carro de Sainz, mas o piloto conseguiu deixá-lo em seguida ileso.

Verstappen, que dominou os treinos classificatórios, terminou a prova na segunda colocação, seguido de Lewis Hamilton, que melhorou seu desempenho e foi beneficiado pelo abandono da prova do piloto da Ferrari.

“Um dia complicado. Estávamos lutando um pouco com os pneus. No entanto, o segundo lugar é um bom resultado”, disse Verstappen.

Classificação final:
1 – Charles Leclerc (Ferrari)
2 – Max Verstappen (Red Bull) – Volta mais rápida
3 – Lewis Hamilton (Mercedes)
4 – George Russell (Mercedes)
5 – Esteban Ocon (Alpine)
6 – Mick Schumacher (Haas)
7 – Lando Norris (McLaren)
8 – Kevin Magnussen (Haas)
9 – Daniel Ricciardo (McLaren)
10 – Fernando Alonso (Alpine)
11 – Valtteri Bottas (Alfa Romeo)
12 – Alexander Albon (Williams)
13 – Lance Stroll (Aston Martin)
14 – Guanyu Zhou (Alfa Romeo)
15 – Sebastian Vettel (Aston Martin)
16 – Pierre Gasly (AlphaTauri)
17 – Yuki Tsunoda (AlphaTauri)
18 – Carlos Sainz (Ferrari) – não terminou
19 – Nicholas Latifi (Williams) – não terminou
20 – Sérgio Pérez (Red Bull) – não terminou

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Esportes:

Pelé segue internado e quadro de saúde é estável