Os idosos e profissionais de saúde que tomaram a segunda dose contra a Covid em maio recebem a partir desta quinta-feira (4) a terceira dose de vacina. A dose de reforço também atende pessoas com alto grau de imunossupressão que tomaram a segunda dose até 7 de outubro.

Para os profissionais de saúde é obrigatória a apresentação da carteirinha do conselho profissional, crachá ou declaração do serviço de saúde onde atua. As pessoas com alto grau de imunossupressão devem apresentar declaração médica com CID ou receituário de uso contínuo de medicamento modificador da resposta imune.

A comunidade deve ficar atenta aos prazos para a segunda dose. As vacinas da Pfizer e Coronavac têm intervalo de 21 dias entre as duas doses e Astrazeneca dois meses. Nesta quinta-feira serão vacinadas com segunda dose as pessoas que receberam a Coronavac ou Pfizer até 15 de outubro ou a Astrazeneca até 9 de setembro. A primeira dose continua para pessoas com 12 anos ou mais.

Todos que forem se vacinar devem levar RG, CPF e comprovante de residência em Rio Claro. No caso de segundas e terceiras doses também é necessário o comprovante de vacinação com as doses anteriores.

O atendimento será das 8 horas às 15h30 no Centro Cultural e das 7h30 às 12h30 na Unimed. Com a queda na demanda da vacinação, as parcerias da Fundação Municipal de Saúde com os hospitais Santa Filomena e São Rafael foram encerradas. A volta da realização de cirurgias eletivas pelos convênios demandou mão de obra dos profissionais destes convênios, que até então estavam envolvidos na vacinação. A Fundação Municipal de Saúde ressalta que as parcerias foram fundamentais para os ótimos resultados alcançados na campanha de vacinação contra a Covid e agradece a contribuição dos convênios e dos profissionais que tanto se dedicaram neste período.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.