ISABEL TELES – SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

Na fila de imigração, funcionários mascarados recebem os visitantes e dão informações sobre os procedimentos de segurança contra o novo coronavírus. A cena pode ser vista em aeroportos ao redor do mundo, mas será o cotidiano da entrada do Hopi Hari a partir deste sábado (26).

O parque temático, localizado a cerca de 70 km da capital, se autointitula como um país fictício e conta com bandeira, capital e até mesmo um idioma próprio. Assim como em qualquer nação, ali os protocolos contra a pandemia da Covid-19 começam logo na entrada, na imigração.

Publicidade

Na visita, é preciso usar máscaras durante todo o passeio, manter o distanciamento físico respeitando as marcações no chão e usar álcool em gel nas mãos antes e depois de brincar nas atrações -que são higienizadas após o uso.

O governo estadual autorizou a reabertura dos parques a partir de terça-feira (23) -a medida é prevista na fase amarela do Plano São Paulo-, mas o Hopi Hari decidiu voltar a funcionar somente durante os fins de semana, começando neste sábado (26).

O complexo ensaiou uma reabertura em julho, mas precisou recuar por causa do aumento de casos da doença na região. Conforme a permissão estadual, o funcionamento é limitado a oito horas por dia, das 10h às 17h, com capacidade limitada a 40% do total e venda antecipada de ingressos.

Antes, porém, o espaço já estava recebendo atrações no formato drive-in. Foi o caso de apresentações de DJs e também da experiência Horror Drive Tour, adaptação da Hora do Horror. Nessa nova versão, os veículos passeiam por um trajeto de 2,7 km em todas as partes do parque, percurso no qual motoristas e passageiros tomam sustos.

A novidade da reabertura é o acesso completo do público a brinquedos como a roda-gigante Giranda Mundi e a montanha-russa Montezum, a maior com estrutura em madeira da América Latina.

Vizinho do Hopi Hari, o aquático Wet n’Wild também volta a funcionar neste sábado, com protocolos de segurança semelhantes. A diferença é que o uso de máscaras não é obrigatório nas piscinas e nos brinquedos, caso dos tobogãs. Nesses casos, o parque disponibiliza sacos plásticos para guardar as máscaras.

Além dos parques, São Paulo tem outras atrações ao ar livre para quem decidir fazer um passeio aos fins de semanas. Conheça aqui alternativas para evitar aglomerações em São Paulo.
*
HOPI HARI
Onde: Rod. dos Bandeirantes, s/nº, km 72, Moinho, Vinhedo, tel. 4210-4000
Quando: Sáb. e dom.: 10h às 17h. Horror Drive Tour, sáb. e dom.: 18h às 21h30
Quanto: R$ 129 (brinquedos) e R$ 249 (atração Horror Drive Tour). Ingr. p/ hopihari.com.br.

WET’N WILD
Onde: Rod. dos Bandeirantes, s/ nº, km 72, Itupeva, tel. 4496-8000
Quando: Sáb. e dom.: 11h às 17h
Quanto: R$ 85 e R$ 99. Menores de seis anos: R$ 25. Ingr. p/ wetnwild.com.br.

Mais em Dia a Dia:

Uesca vai se reunir com candidatos a prefeito(a)

Previsão do tempo desta quinta-feira (22)

Morre Fernando Monteselli, ex-presidente do Veteranos Rio Claro