Da Redação

No início da noite desta sexta-feira (28), um acidente foi registrado na Rodovia SP-191, entre Rio Claro e Ipeúna, altura do Km 84.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, houve uma colisão lateral entre dois carros. O ocupante de uns dos veículos o servidor público da prefeitura de Corumbataí, José Rubens da Silva Franco, 65 anos,  ficou preso nas ferragens, foi socorrido e encaminhado ao hospital de Ipeúna, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O trecho tem histórico de acidentes graves. Em julho deste ano, David William Franco, de 37 anos, morador no Jardim Hipódromo, seguia pela pista no sentido a Ipeúna quando colidiu na traseira de um Gol, dirigido por uma mulher residente em Itu, que teve ferimentos leves.

Neste momento, um caminhão que passava pelo trecho acabou colidindo contra o Ford K no qual estava David. Com o impacto, a morte foi instantânea.

Já em julho de 2016, outro grave acidente foi registrado no acesso. Dois veículos, sendo um Pálio e um Siena, colidiram próximo ao ponto conhecido como “Arranca Chapéu”.

O Pálio ia sentido Rio Claro com quatro mulheres, que trabalhavam na empresa Korin. Um homem conduzia o Siena sentido Ipeúna. Segundo o sargento da Polícia Militar Rodoviária, os carros colidiram por volta das 5h.

Duas mulheres morreram na hora. As outras duas foram levadas para a Santa Casa de Rio Claro, porém, uma delas morreu no caminho. O condutor do Siena, Thiago Martini, foi arremessado para fora do carro e, também, morreu na hora.

Mais em Notícias:

Rio-clarense morre em acidente de moto em Piracicaba

Santa registra 224 casos positivos da Covid-19