Antonio Archangelo

Rio  Claro FC volta a campo no domingo, 22 (Foto: Agência Estado)
Rio Claro FC volta a campo no domingo, 22 (Foto: Agência Estado)

Em jogo equilibrado, o Rio Claro FC conquistou mais um ponto fora de casa pela quinta rodada do Paulistão 2015, na noite quarta-feira, 18 de fevereiro.

Em Barueri, o time comandado pelo técnico Buião empatou em 0 a 0 com a Portuguesa. Com cinco jogos, o Rio Claro tem sete pontos e está em terceiro lugar no Grupo 2, fora da zona de classificação.

Para o volante Matheus Galdezani “os dois times criaram boas chances, mas foi um jogo de uma bola só” citou. “Acabou que empatamos e somamos um ponto. Agora é pensar em conseguir a vitória dentro de casa na próxima rodada” opinou logo após o término na partida.

O Galo Azul volta a campo no domingo (22), pela sexta rodada, em casa, contra o Mogi, as 18h30.

O JOGO

Com estádio interditado, a Lusa mandou a segunda vez para fora de São Paulo, já que o Canindé continua interditado pela Federação Paulista de Futebol. No primeiro tempo, o Galo Azul esteve melhor mesmo com dois desfalque em relação ao último jogo contra o Palmeiras. Aos três minutos, Rodolfo tentou domínio dentro da área, mas o lateral Paulo Henrique corta para escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para o volante Matheus, mas acabou bloqueado pela zaga.

Aos oito minutos, Nenê Bonilha pegou sobra de bola da entrada da área e quase abriu o placar para o Rio Claro. Bola passou raspando a trave direita do goleiro Rafael Santos.

A partir dos 10 minutos, a Portuguesa passou a explorar a presença do meia Leo Costa, mas sem efetividade.

Aos 25, o Rio Claro teve nova chance. Renan Luís cruzou na medida para Paulinho. O atacante cabeceou sozinho, para fora. Apesar da chance desperdiçada, após a jogada, o árbitro marcou impedimento do camisa 11 do Rio Claro.

No segundo tempo a Portuguesa passou a buscar o resultado, dando espaço para o meio campo rio-clarista, sobretudo, ao mei Guaru. A primeira chance da etapa complementar foi do Rio Claro, Paulinho recebeu na ponta esquerda e percebeu a penetração de Guaru. O atacante deu passe em profundidade para o camisa 10 que dentro da grande área, preferiu o cruzamento ao invés de arriscar para o gol.

No final do jogo, a Portuguesa teve duas boas chances para abrir o placar através de Léo Costa. Aos 43, após receber cruzamento na área Costa finalizou de joelho e aos 44 desperdiçou chance após peixinho na área do Rio Claro.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Esportes:

Bia Haddad decepciona e cai na estreia em Wimbledon

Rio Claro realiza 1ª Corrida Sem Barreiras