Feena: mais de 10 hectares atingidos por fogo este ano

132

O Corpo de Bombeiros de Rio Claro apagou um incêndio de grandes proporções na noite do último domingo (28) na área da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, o antigo Horto Florestal.

De acordo com informações da corporação, o fogo teria se iniciado no período da tarde no trecho do Anel Viário, na região do São Miguel, onde há poucos dias uma queimada também foi registrada. As chamas foram controladas e extintas pela equipe dos bombeiros.

A suspeita é de incêndio criminoso por parte de andarilhos, que foram vistos por moradores no local pouco tempo antes.

Esta é a sétima ocorrência registrada de janeiro até ontem (29): “Esta área de domingo ainda não calculamos a extensão destruída, mas juntando com as outras ocorrências deste ano passamos de 10 hectares atingidos. Esse número nos preocupa muito, já que até o final de outubro, início de novembro, o período é de seca. No ano passado contabilizamos um total de 10 incêndios com uma destruição de 32 hectares”, afirma Rodrigo Campanha, que é gestor da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade.

Apoio da população

O trabalho em relação a incêndios está em constante evolução não só no Brasil, mas em todo o mundo. Em Rio Claro, o Programa de Combate e Prevenção de Incêndios Florestais ganhou corpo nos últimos anos: “Em Rio Claro unimos forças e temos parceiros como o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, prefeitura, usinas de açúcar e álcool que reforçam nosso alicerce na luta para preservar a Floresta. Queremos agora, mais do que nunca, que a população também venha com a gente. Que sejam nossos olhos, que façam denúncias e que quem realiza a prática criminal de atear fogo que se conscientize da problemática ambiental que causa”, alerta o gestor da Feena.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: