Com o retrocesso do município de Rio Claro à fase 1 da quarentena contra o coronavírus, as igrejas e templos religiosos continuaram proibidos de realizarem atividades presenciais. Os cultos religiosos podem ser feitos on-line. “Nossa expectativa é de que haja a colaboração de todos para que o município melhore os números nesta pandemia e, assim, também os cultos religiosos voltem a ser feitos presencialmente”, afirma o prefeito João Teixeira Junior. “Neste momento, o conforto espiritual também é fundamental”, ressalta Juninho.

A volta de Rio Claro à fase 1 começou a valer na quinta-feira. Também não podem funcionar escritórios, cabeleireiro e barbeiro, academias, esteticistas, casas noturnas e boates, tatuadores, manicure e pedicure, e papelaria.

De acordo com boletim desta segunda-feira (29), Rio Claro tem 32 óbitos por coronavírus, 824 casos confirmados e 82 pessoas internadas, sendo 25 em unidade de terapia intensiva.

Mais em Dia a Dia:

Rio Claro registra 1.627 casos de coronavírus

Publicitário Eber Novo morre em Rio Claro

Acidente com vítima fatal é registrado no Cervezão