Matheus Pezzotti

Com outro esquema tático, o Rio Claro FC povoou mais o ataque, explorou cruzamentos, mas pecou nas finalizações
Com outro esquema tático, o Rio Claro FC povoou mais o ataque, explorou cruzamentos, mas pecou nas finalizações

Na noite desta terça-feira (24), Rio Claro FC e XV de Piracicaba disputaram, no Schmidtão, pela 12ª rodada, o clássico precisando da vitória para se distanciarem da zona do rebaixamento, mas com gols de cabeça, empataram em 1 a 1.

Os gols foram marcados no final do jogo. O Azulão abriu o placar com Paulinho, aos 42 e depois, Renan, de maneira irregular, empatou aos 48.

Os times permanecem em situações delicadas. O Galo Azul, com 12 pontos, é o lanterna do Grupo 2, enquanto o XV, com 11, está na quarta colocação do Grupo 4. No geral, o Azulão é o 14º colocado, enquanto o Nhô Quim o 15º. A Portuguesa, com um jogo a menos, é o 16º, com 11 pontos e com 10, o Linense é o primeiro time no Z-4.

O próximo jogo do Rio Claro FC será no sábado (28), às 18h30, contra o Capivariano, fora de casa e depois recebe o Bragantino e encerra contra o Santos, na Vila Belmiro.

O JOGO
Com mudanças, Estevam Soares armou o Rio Claro FC no 3-5-2 e o time iniciava as jogadas nas laterais, buscando cruzamentos, mas também abusava dos lançamentos diretos para a zaga do XV, que, jogando fora de casa, cadenciava com toque de bola, buscando os contra-ataques, mas os times não tiveram chances claras de gol.

No segundo tempo, o Rio Claro FC voltou melhor, tocando mais a bola no ataque, porém seguia inoperante e qualidade aquém da divisão. Aos 11, Richard fez um milagre. Após falta na direita, a bola quicou na pequena área e bateu em Daniel Bueno e o goleiro rio-clarista defendeu no reflexo.

Com a entrada de Guaru, o Galo Azul melhorou o toque de bola e seguiu com cruzamentos na área para buscar o gol, assim como o XV. E desta maneira sairam os gols. Aos 42, escanteio cobrado, Vinícius Bovi escorou e Paulinho testou e marcou o primeiro gol de um dos atacantes do time no Paulistão. E aos 48, após escanteio, Renan empurrou Bovi cometendo falta que a arbitragem não marcou e livre, cabeceou tirando de Richard para empatar.

“Foi uma judiação. A equipe foi guerreira, mas isso acontece. Os meninos buscaram, mas tomamos um gol de bola parada, mas fazemos um assim também, mas infelizmente não foi hoje. Vamos preparar para o próximo jogo”, disse Estevam Soares na saída do gramado.

FICHA TÉCNICA
RIO CLARO FC x XV DE PIRACICABA
Local: estádio Dr. Augusto Schmidt Filho, em Rio Claro.
Público: 3.832 pagantes.
Renda: R$ 31.380,00.
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho.
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Rafael Tadeu Alves de Souza.
Cartões amarelos: Alê e Paulinho (Rio Claro FC) e Leonardo, Renan, Tony e Paulinho (XV de Piracicaba).
Gols: Paulinho (cabeça) aos 42’/2T (Rio Claro FC) e Renan (cabeça) aos 48’/2T (XV de Piracicaba).

RIO CLARO FC
Richard; Vinícius Bovi, Pitty, Gilberto e Renan Diniz; Alê, Renan Luís (Dennis Murillo), Matheus Galdezani e Jeferson Paulista (Guaru); Paulinho e Bruno Cantanhede (Macena). Técnico: Estevam Soares.

XV DE PIRACICABA
Roberto (Diogo Silva); Edinei, Leonardo, Airton Tirabassi e Fabiano; Renan, Diego Silva, Juliano (Chico) e Tony; Paulinho e Ronieli (Daniel Bueno). Técnico: Toninho Cecílio.

Mais em Esportes:

Velo Clube faz exames da Covid-19

Velo Clube rescinde contrato do lateral Janilson