Ciclistas pedalam 313 km de Rio Claro até Aparecida

170

Da Redação

O grupo de ciclistas composto por Vinicius, Alê, Palata, Marcelo, Walter e Ricardo na Basílica de Aparecida, no último sábado
O grupo de ciclistas composto por Vinicius, Alê, Palata, Marcelo, Walter e Ricardo na Basílica de Aparecida, no último sábado

No último sábado (13), um grupo formado por seis ciclistas da cidade se reuniu para um grande desafio: pedalar mais de 300 quilômetros com destino ao Santuário Nacional de Aparecida.

A ideia surgiu com o objetivo de pedalar uma distância que os ciclistas jamais tinham pedalado antes, como forma de superação, incentivo e reconhecimento do treinamento que eles vinham fazendo há meses de maneira preparatória.

Entre os ciclistas estava Walter Hohne Junior, que também é o técnico da equipe de ciclismo de Rio Claro das categorias de base e da categoria Elite.

“Até esse dia, o máximo que eu tinha pedalado era 240 quilômetros, e conseguir completar esse percurso até Aparecida com certeza foi muito importante pra mim e para os outros ciclistas do grupo. A superação foi a palavra-chave, pois depois de um certo tempo começamos a sentir dores nas pernas, nas costas, nos braços, mas todos nós tínhamos o mesmo objetivo, que era completar o percurso”, comenta.

Além do Walter, também fizeram parte do grupo Ricardo Leite, José Luiz Palata, Alexandre Silva, Marcelo Costa e Vinicius Teui. No apoio, Natalia Varela, Elaine Leite e Jorge Pompeu auxiliaram os ciclistas no que fosse necessário, desde reposição de água e alimentos até manutenção das bicicletas.

Foram preparados diversos tipos de alimentos sólidos e em gel, além de bebidas esportivas e outros suplementos para o consumo durante o percurso, com o acompanhamento e orientação da nutricionista Christina Becker, que é especialista em nutrição esportiva, e a orientação esportiva ficou por conta de Walter Hohne Junior, profissional graduado em treinamento para ciclistas.

O grupo saiu de Rio Claro às 4h20 da manhã e às 16h50 chegou ao destino. No total, foram 12 horas e 30 minutos pedalados, considerando as três principais paradas e também os 13 pneus furados que foram arrumados.

Os ciclistas planejam a próxima aventura, que deve ocorrer no próximo mês, mas desta vez de Mountain Bike, pelas estradas de terra.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: