Atualmente, a equipe Deliders conta com 23 atletas e treina na Unesp três vezes por semana

Matheus Pezzotti

Atualmente, a equipe Deliders conta com 23 atletas e treina na Unesp três vezes por semana
Atualmente, a equipe Deliders conta com 23 atletas e treina na Unesp três vezes por semana

Neste sábado e domingo (13 e 14), a equipe Deliders Cheerleading da Unesp de Rio Claro participa do IV Campeonato Brasileiro de Cheerleading e Dança na cidade de Mogi das Cruzes.

O evento contará com a participação de diversos atletas brasileiros com elevados níveis em diferentes categorias, computando a presença de aproximadamente 20 times de cheerleading e 400 atletas no total.

Atual campeã nacional, a equipe rio-clarense, existente desde 2008, está em evolução, adquirindo caráter competitivo a partir de 2012 e atualmente conta com 23 atletas e treina na Unesp três vezes por semana.

Em sua primeira participação no campeonato, o time foi vice-campeão na categoria Universitária e, em 2013, inscreveu-se em quatro categorias (Cheerleading Universitário, Stunt All Girl, Stunt Co-ed e Best Cheer) e, com 100% de aproveitamento, alcançou o primeiro lugar no pódio em todas as divisões. O time Deliders Cheerleading tem como objetivo conquistar o troféu de campeão geral e participará das seguintes divisões: Cheerleading Universitário, Stunt All Girl (somente meninas); Stunt Co-ed (misto); Best Cheer (individual); Dance (dança).

“É muito bom contar com o apoio e a energia dos rio-clarenses, que admiram nosso trabalho. Nosso maior objetivo é representar muito bem nossa universidade e a cidade que nos acolhe de coração, sendo motivo de orgulho para ambos”, afirma Letícia Costa, uma das coordenadoras da equipe.

O cheerleading (animação de torcida) já é tradicional em vários países e vem crescendo em todo o mundo, sendo um esporte complexo conhecido por suas difíceis coreografias compostas por dança, stunts (levantamentos), pirâmides, acrobacias, saltos e baskets (jogadas altas) e vencer preconceitos é um dos dilemas que os atletas enfrentam no dia a dia.

“Muitas pessoas têm uma visão negativa do cheerleading, porém desconhecem os aspectos positivos que este esporte traz para os praticantes. Além das dimensões físicas, exige responsabilidade, trabalho em equipe e superação de limites, e é exatamente por isso que somos apaixonados por esta modalidade”, finaliza Letícia.

Mais em Esportes:

Caos na Casa Rosada interrompe velório de Maradona