A hastag #salvebelparamenina viralizou nos últimos dias e mais uma polêmica tomou conta da internet. Desse vez, se trata de uma youtuber de 13 anos, chamada Isabel, mais conhecida pelo canal ‘Bel Para Meninas’. Bel entrou nos assuntos mais comentados do Twitter mas não foi por um motivo agradável. Os internautas estão acusando sua mãe, Fran, de estar obrigando a filha a gravar vídeos e a produzir conteúdos que poderiam atingir a integridade da garota.
E quem está encabeçando essa historia é o jornalista Luiz Bacci. Com a #hastag sendo frequentemente mencionada, ele publicou no Instagram, na noite da última segunda-feira, 18, querendo saber mais sobre o caso. O apresentador do Cidade Alerta relatou, através da ferramenta Stories do Instagram, que tentou entrar em contato com os pais da menina, nesta ultima terça-feira (19), entretanto, não obteve retorno. No vídeo, ele afirmou que se não existisse o retorno iria falar ao vivo no programa. E foi o que ele fez. Ao vivo, Luiz Bacci questionou os pais da menor sobre as acusações da internet.
Vários veículos de informação tentaram entrar em contato com os pais de Bel para saber o contexto em que os vídeos foram filmados, o processo de escolha dos temas e o posicionamento da família com relação à repercussão negativa do material, mas não obtiveram uma resposta direta. Os pais de Bel preferiram se pronunciar diretamente em seu canal pelo Youtube, nesta quinta-feira (21), onde dizem que essa denuncia é caluniosa e mencionam que quem teve esse ato fez por inveja do sucesso do canal. Os pais da menina também mencionaram que suas filhas são bem cuidadas e que em nenhum momento tiveram as atitudes que “as pessoas maldosas que encabeçaram essa campanha disseram”.
Em um de seus “stories” postado na tarde desta quinta-feira nas redes sociais, o apresentador informou que a policia vai abrir inquérito para investigar os pais de Bel.

Tags: , ,

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: