Balbo confirma técnico do Rio Claro FC para 2016

191

Matheus Pezzotti

Presidente do Rio Claro FC confirma Luis dos Reis como treinador do Galo Azul em 2016 (Foto: Diário de Marilia/Eduardo Marques)
Presidente do Rio Claro FC confirma Luis dos Reis como treinador do Galo Azul em 2016 (Foto: Diário de Marilia/Eduardo Marques)

Na tarde da quinta-feira (18), o presidente Luiz Balbo confirmou o acerto com o técnico Luís dos Reis para a disputa do estadual.

O treinador esteve no Marília, onde levou o time da série A-3 à série A-1 em dois anos. Na elite do futebol paulista desta temporada, foi demitido do MAC após três derrotas seguidas, logo nas três primeiras rodadas. Depois, foi para a Matonense, na série A-2, mas acabou sendo demitido, também após três derrotas consecutivas.

Segundo o mandatário, a espinha dorsal do elenco está montada, restando apenas a assinatura do contrato desses jogadores, e avisa que será o melhor elenco que o Rio Claro FC terá no Paulistão.

“Já fechei a espinha dorsal para o ano que vem. Nós já começamos a trabalhar para o Paulistão. Estamos vendo jogadores e vamos começar a treinar antes. Vou trazer o [meia] Léo Costa, o [volante] Éder, [o volante] Alê, [o goleiro] Richard e [o zagueiro] Pitty. Ainda não assinaram, mas pode divulgar os nomes. Se não vierem, é porque não querem vir”, afirma o presidente.

As eleições no clube se aproximam e Balbo afirma que ainda ficará muitos anos à frente do Galo Azul e projeta objetivos audaciosos, como contratar jogador estrangeiro, título do Paulista, chegar à série A do Brasileiro e construir uma Arena em Rio Claro.

“Vou ficar mais 10 anos no clube. Vou levar o Rio Claro FC para a série A do Brasileiro e montar um time para ser campeão do Paulista. Se não receber proposta nessa janela, vou trazer o argentino Ramón Abila, do Huracán, e depois colocá-lo no mercado brasileiro. E em breve vou viajar para Portugal para conversar a respeito da construção da Arena. Há o interesse por parte desta empresa em construir, mas vou tratar com o próximo prefeito apenas porque este já demonstrou que não tem interesse”, finaliza.

Em dezembro de 2014, Balbo, juntamente com o arquiteto português Antonio Monteiro, se reuniram com o então presidente da Câmara Municipal, Agnelo Matos, para conversar a respeito da possibilidade da construção de uma arena multiúso no lugar do Schmidtão.

Monteiro faz parte da Plarq, empresa de estudos de arquitetura e urbanismo composta também pelo arquiteto português Pedro Santos e pelos brasileiros Antonio Luiz Gonçalves (engenheiro) e Renato Gonçalves (arquiteto), responsáveis pelas obras de estádios como o Engenhão, no Rio de Janeiro, do Estádio de Coimbra, em Portugal, da Arena do Grêmio e pela reforma e ampliação do Monumental de Nuñez, do River Plate, da Argentina.

De acordo com o presidente rio-clarista, o foco é o estádio municipal Dr. Augusto Schmidt Filho, com tempo de utilização da empresa por 30 anos, visando ao retorno do investimento para a construção do estádio para 25 mil pessoas, além de uma área de lazer, shopping e hotel, e acrescenta que nenhuma reunião foi realizada com o prefeito para discutir o assunto.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: