Folhapress

O Tricampeão Mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna (1960-1994) ganhará uma série biográfica produzida pela Netflix. Com o título de “Senna”, o projeto deve abordar a vida e a trajetória do piloto desde seus primeiros anos até o sucesso mundial.

Com a direção a cargo do cineasta austríaco Vicente Amorim, responsável por filmes como “Corações Sujos”, de 2011, “Rio, eu te Amo” e “Irmã Dulce”, ambos de 2013. Em comunicado divulgado pela revista Variety, o diretor declarou: “Já tive muitos ídolos no esporte, mas apenas um herói: Senna. Eu assisti suas corridas, torci por ele, me inspirei nele e chorei no dia em que ele morreu.”

Esta não é a primeira produção dedicada à vida do piloto. Em 2017, o espetáculo “Ayrton Senna – O Musical” narrou a trajetória do ídolo das pistas. Com texto de Cláudio Lins e Cristiano Gualda, a obra foi dirigida por Renato Rocha e chegou a ganhar uma versão para os cinemas. Tanto o musical quanto a versão exibida em tela grande, foram protagonizados por Hugo Bonemer.

O ator Chay Suede é um dos nomes cotados para dar vida a Senna, que morreu em 1994 após seu carro se chocar com o muro em uma curva durante o GP de San Marino, em Ímola, na Itália. A série ainda não tem data confirmada para chegar à Netflix.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Intervalo:

“Rio Claro Iluminada” incentiva decoração natalina

Sinfônica toca temas de filmes dia 7 no Grêmio da Cia Paulista

Banda Sinfônica dos Ferroviários toca músicas de Natal no sábado