“Acreditamos”, diz Tamião após derrotas do Rio Claro Basquete

89

Antonio Archangelo

Acreditamos. Com esta afirmação, o técnico Marcelo Tamião revelou o espírito da equipe do Rio Claro Basquete para o terceiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista contra o São José. Em caso de derrota, a equipe joseense passará para a final da competição.

“Acreditamos. Sabemos da dificuldade, os jogos estão equilibrados e o fator casa não está sendo tão efetivo. Temos vencido fora de casa também. Temos que ganhar na quarta e jogar a responsabilidade para eles”, comentou pouco antes do treino nessa segunda-feira (5).

2.300 pessoas incentivaram o Rio Claro no Felipão. Na foto, discussão com torcedores visitantes
2.300 pessoas incentivaram o Rio Claro no Felipão. Na foto, discussão com torcedores visitantes

A reportagem aproveitou a oportunidade para questioná-lo sobre os rumores de que a queda de rendimento do time estaria ligada a algum tipo de “boicote”. Tamião disse que é “chato, triste” este tipo de comentário.

“Sair de uma segunda divisão e ser no mínimo o terceiro de um Campeonato Paulista, pois se perdemos seremos o terceiro. Só se vê resultado, ninguém vê a evolução?”, indagou ao lembrar que a equipe, com boa parte de jogadores conhecida por ele, que manteve contato na montagem do elenco “estão p**** por terem perdido” os dois jogos para o São José.

“Estes rumores são infundados. Tem gente que passa o ano inteiro sem ir ao Ginásio, tem que ver para saber. Não vivemos de boatos, vivemos de trabalho. Muitas pessoas querem desestruturar, fico muito triste de ter perdido os jogos. Deixo o barco seguir. Para mim é uma honra ser pelo menos terceiro lugar de uma competição como o Paulista”, concluiu à reportagem do Jornal Cidade, defendendo os jogadores e confiando na capacidade de reversão do resultado negativo em São José dos Campos.

A terceira partida acontece na quarta-feira (7), no Ginásio Lineu de Moura, às 20h, e o Rio Claro necessita de uma vitória. No Felipão, nas duas primeiras partidas, o São José venceu por 77 a 70, e por 89 a 87.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: