VÍDEO: Samu Rio Claro prepara-se para ultrapassar 80 mil atendimentos

161

Lucas Calore

Alcione Buzo, coordenadora do Samu Regional de Rio Claro, e o médico emergencista José Carlos Naitzke Junior
Alcione Buzo, coordenadora do Samu Regional de Rio Claro, e o médico emergencista José Carlos Naitzke Junior

Muitas vezes, entre alguns distraídos que vivem neste agitado cotidiano, a sirene das viaturas dos anjos do dia a dia aparecem em alto e bom som avisando os motoristas para colaborarem na passagem do trânsito.

Em quase quatro anos de atuação em Rio Claro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prepara-se para ultrapassar 80 mil atendimentos realizados. A maioria dos casos são de Rio Claro, mas a unidade também atende a outros municípios da nossa microrregião: Santa Gertrudes, Ipeúna, Itirapina, Corumbataí e Analândia.

Segundo a coordenadora do Samu Regional de Rio Claro, Alcione Buzo, muitos moradores desconhecem alguns procedimentos que o serviço oferece.

Entre tantos atendimentos já realizados pela equipe, o auxílio de urgência em casos de engasgamento de bebês também é efetuado.

O médico emergencista José Carlos Naitzke Junior em procedimento no vídeo abaixo
O médico emergencista José Carlos Naitzke Junior em procedimento no vídeo abaixo

O Jornal Cidade foi pessoalmente na sede do Samu Regional aqui no município para conferir como os pais ou responsáveis podem agir quando ocorrer alguma situação desta natureza.

O médico emergencista José Carlos Naitzke Junior realizou o procedimento passo a passo e o vídeo pode ser conferido abaixo.

Vale lembrar que, além de cinco viaturas de Suporte Básico que atende Rio Claro e as cidades da região, a unidade do Samu Regional conta atualmente com outra viatura especial do tipo SAV -Suporte Avançado de Vida, que é destinado para atendimento e transporte de pacientes com alto risco hospitalar que necessitem de cuidados médicos intensivos.

Segundo a Fundação Municipal de Saúde, o Samu Regional de Rio Claro conta com investimento de R$ 400 mil/mês, sendo R$ 258 mil do município e os outros R$ 142 mil do Governo Federal.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência funciona 24 horas por dia e pode ser acionado no 192, tanto pelo celular como pelo telefone residencial.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: