A Polícia Civil instaurou um inquérito para entender o que aconteceu na morte de um empresário na cidade de Boituva no dia 19 de julho. O homem realizava seu terceiro salto de paraquedas quando caiu sobre o telhado de uma residência na área urbana do município. Os saltos foram suspensos através de uma decisão da justiça.

Circulam nas redes sociais imagens que mostram momentos que antecedem a queda do aluno, feitas através de uma câmera acoplada no capacete de um instrutor.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Alerta: homem morre vítima de Covid em Rio Claro

10º Baep realiza treinamento de ‘atirador designado’

Refis: emenda ‘bloqueia’ empresas por três anos