VÍDEO: Garcia destaca atuação do Democratas na reforma da Previdência

73

Na mesma tarde dessa quinta (8) em que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Democratas), entregava nas mãos do presidente do Senado Federal Davi Alcolumbre (Democratas) o texto da reforma da Previdência aprovado, o governador do Estado de São Paulo em exercício Rodrigo Garcia, liderança do mesmo partido, também comemorava o avanço da Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Em entrevista ontem ao Grupo JC de Comunicação, em solenidade no CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior) de Piracicaba, Garcia destacou a atuação do Democratas – sobretudo de Maia – para que a matéria fosse aprovada. “Foi uma vitória do Brasil, sem dúvida nenhuma o presidente Rodrigo Maia foi o grande capitão desse processo. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve a coragem de encaminhar a reforma, mas a gente sabe que toda a articulação foi feita pelo presidente da Câmara”, orgulhando-se do protagonismo democrata.

Para Rodrigo Garcia, a votação histórica tanto no primeiro turno quanto no segundo – que foi encerrado na noite de quarta-feira (7) numa sessão que durou mais de nove horas – mostra a importância da reforma da Previdência para o Brasil. “A gente espera que o país recupere a sua economia. Estamos vivendo dias difíceis, a sociedade está sofrendo na pele a falta do emprego, a diminuição da renda, e a reforma nos dá uma expectativa de que até o final do ano o Brasil possa voltar a retomar o seu crescimento e com isso gerar novos empregos”, afirmou à reportagem do JC.

O prefeito democrata João Teixeira Junior complementa: “A articulação do Democratas foi muito importante e a Reforma tem que acontecer. O país precisa dessa guinada. Temos que continuar trabalhando para que o trabalhador perca o menos possível”, disse. Com a entrega do texto da PEC por Maia a Alcolumbre, a Reforma da Previdência passou a tramitar oficialmente no Senado Federal. A partir disso, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) terá posteriormente um prazo de 30 dias para apresentar um parecer.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: