VÍDEO: ex-prefeito Nevoeiro Jr. critica financiar obras de asfaltamento

393

O ex-prefeito de Rio Claro, Nevoeiro Júnior, voltou a criticar o projeto do colega de partido, o democrata João Teixeira Junior, para financiar R$ 60 milhões na Caixa Econômica Federal e promover obras de pavimentação e outros serviços no município. A declaração aumenta a divergência interna do grupo, uma vez que vereadores da legenda também vêm se posicionamento contrariamente à proposta na Câmara Municipal.

Em entrevista nessa segunda-feira (13) ao Grupo JC, Nevoeiro indicou que o atual prefeito deveria seguir o exemplo do que fez quando era o titular do Poder Executivo. “A Prefeitura tem que ser administrada como uma dona de casa administra sua casa. O orçamento tem que caber dentro das despesas, ou seja, não se pode gastar mais do que arrecada. Você tomar um empréstimo (sic), na verdade, está gerando uma despesa que até aquelas crianças que não nasceram vão ter que pagar. Eu entendo que é possível e desejável fazer um empréstimo, muitas vezes, para uma coisa que não tem verba orçamentária, ou que aquele empréstimo tem como resultante o aumento da arrecadação”, declarou.

O ex-chefe do Executivo ressaltou que nos seus mandatos conseguiu asfaltar mais da metade das vias públicas cobrando da população, no entanto, sem financiamento. “Cobrando asfalto de todo mundo e todo mundo pagou, a cidade está aí pronta. A rigor, não é justo tomar empréstimo. (…) até tomar todas providências chega o período das chuvas e esse povo vai viver sofrendo na lama e na poeira. Não é necessário. Basta fazer a licitação, contratar uma empresa, fazer a publicação do edital de contribuição de melhoria e mandar a conta para todo mundo. É assim que foi feito em Rio Claro ao longo de 30, 40 anos”, afirmou Nevoeiro.

Consultado sobre a aprovação desses editais das obras feitas em suas gestões pelo Tribunal de Contas, o ex-prefeito afirmou que tudo ficou dentro da legalidade. “Nenhuma ressalva, nem do Tribunal de Contas e nem da Justiça. Está prevista na lei a cobrança da contribuição de melhoria. É uma solução tranquila, paga quem recebe o benefício”, finaliza.

A respeito da aprovação pelo Tribunal de Contas dos editais publicados nas gestões do ex-prefeito Nevoeiro Júnior para obras de pavimentação, a reportagem do JC questionou a atual gestão se foi notificada de algum parecer, no entanto, não obteve resposta até o fechamento desta edição. A entrevista completa com o ex-chefe do Poder Executivo está disponível no vídeo abaixo a partir do minuto 51:40.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: