A prefeitura de Rio Claro divulgou nessa última semana que o transporte coletivo ganhou um respiro com o aumento de 10% dos veículos nas ruas para atender a população. Desde o início da pandemia o número tinha sido reduzido a 30% da frota. Porém, no principal terminal de embarque e desembarque de passageiros que fica na Rua 1, na estação, a readequação não agradou a quem precisou voltar para casa no período da tarde e encontrou os ônibus todos estacionados.

Do dia 24 de março até o dia 24 de julho, meses em que a cidade já enfrentava a pandemia, 265.919 passageiros utilizaram o transporte público.

“Eles não podem pensar somente no horário do comércio, de quem entra ou sai para estipular a logística das corridas. Isso é um absurdo”, disse Edna dos Santos Pereira, que mora no Jardim Guanabara.

Em nota, a prefeitura afirmou que o monitoramento das linhas de ônibus circulares é feito diariamente pelo departamento de Mobilidade Urbana e que as mudanças são determinadas de acordo com critérios técnicos, sendo o principal deles a quantidade de passageiros nas linhas do transporte coletivo e os horários de maior demanda. O texto ainda cita que é fundamental que as pessoas consultem os horários dos ônibus antes de saírem de casa. A consulta pode ser feita no site rapidosp.com.br/horarios. Também é possível ter acesso aos itinerários na sede da empresa, na Rua 1 entre as avenidas 1 e 3, em frente ao terminal de ônibus circulares. Os usuários do transporte coletivo podem dar sugestões e fazer observações diretamente no departamento de Mobilidade Urbana pelo telefone 3522-1919 e pelo e-mail [email protected]

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.