Matheus Pezzotti

Em 2011, o grupo Kino-Olho produziu um documentário tendo como foco o passeio ciclístico noturno desenvolvido pela FPMTB
Em 2011, o grupo Kino-Olho produziu um documentário tendo como foco o passeio ciclístico noturno desenvolvido pela FPMTB

Nesta terça-feira, dia 27, o Grupo de Trabalho para o Incentivo à Prática Esportiva e Movimento para a Saúde da Pró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEX) realiza, em parceria com a Federação Paulista de Mountain Bike (FPMTB), o 1º Passeio Ciclístico Noturno da Unesp de Rio Claro.

Com percurso de aproximadamente 15 quilômetros, a largada e a chegada serão na portaria do Campus Bela Vista, na Avenida 24-A, a partir das 19 horas, passando pela Praça da Liberdade, em frente à Igreja Matriz, às 20 horas.

A organização é feita pelo Prof. Dr. Carlos Alberto Anaruma, membro do PROEX, e pelo Prof. Nelson Tamura, coordenador do grupo, e tem como objetivo promover o lazer e a prática esportiva saudável, não só entre a comunidade Unespiana, mas também entre a comunidade rio-clarense.

Diante disso, a iniciativa vai interagir com o Passeio Ciclístico Noturno, desenvolvido pela FPMTB, em parceria com a Secretaria de Mobilidade Urbana e a Sport Bike. Existentes desde 2009, os passeios acontecem sempre às terças-feiras, com saída às 20 horas da Praça da Liberdade.

“Essa é uma ideia que já existia há muito tempo na Unesp e este ano houve o interesse do campus da Unesp em se envolver nesse evento e por isso nós estamos realizando em conjunto”, explica Clayton Palomares, presidente da FPMTB.

A atividade é gratuita e não há a obrigatoriedade do uso de capacete e proteção. Há também o acompanhamento de um carro de apoio que contém água e ferramentas para pequenos reparos, além de estar à disposição no caso do ciclista abandonar a atividade, seja por problema físico ou mecânico, e monitores da entidade, identificados com um colete de sinalização, responsáveis por interditar momentaneamente cruzamentos e vias para garantir a preferência dos ciclistas na via, de todas as idades, iniciantes ou experientes que participam do evento.

“Normalmente, o nosso passeio não acontece quando está chovendo ou o chão está molhado até uma hora antes do início, mas por se tratar de um evento da Unesp, desta vez será realizado sob qualquer condição climática”, finaliza Palomares.

Para participar, os interessados devem comparecer aos locais nos horários com bicicleta. Mais informações pelo e-mail [email protected]

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Esportes:

Zé Boquinha, um ídolo rio-clarense