Com as quadras finalizadas, mirante pronto, parquinho reestruturado e com brinquedos para crianças cadeirantes, nova academia ao ar livre, réplica da Torre Eiffel montada e pintada, entre outras melhorias e novidades, os trabalhos no Parque do Lago Azul entram na reta final para que a população de Rio Claro e região possa voltar a frequentar o espaço.

Ontem, sexta-feira (16), as equipes que trabalham no local religaram os sete chafarizes que foram consertados e que irão dar um toque a mais de beleza. Profissionais do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) também davam os últimos ajustes nos novos bebedouros de água.

Diante de tantas mudanças e melhorias em um espaço que por muitas vezes foi alvo de reclamações em relação à falta de segurança, o novo projeto foca para que não existam mais esses tipos de intercorrências.

Publicidade

“Nesta reta final estamos instalando 32 câmeras de monitoramento. A principal central será em uma sala dentro do Centro Cultural, onde as imagens de tudo o que acontece no parque serão vistas 24 horas por dia e transmitidas simultaneamente para o Gabinete de Gestão Integrada Municipal – GGIM, que fica na sede da Guarda Civil Municipal de Rio Claro. Além disso, teremos segurança armada no parque, tudo para garantir a ordem e o lazer e isso vai desde as crianças até a terceira idade, pois o local será para visitação de toda a família”, afirma Ricardo Naitzke, secretário de Cultura de Rio Claro.

Nos ajustes finais ainda estão a chegada de três letreiros, dois deles, com os dizeres “Parque do Lago Azul Bem-vindo” e “Eu amo Rio Claro”, irão ficar logo na entrada.

Nesta semana, a prefeitura de Rio Claro anunciou que o Parque Municipal Lago Azul será reaberto neste mês de outubro, com funcionamento das 7 às 22 horas. Antes do fechamento na pandemia, o local era aberto ao público apenas até as 19 horas.

Mais em Dia a Dia: