Ramon Rossi

Um dos produtos que mais tem gerado alto volume de despejo no aterro de Araras são  os restos de podas de árvores e de limpeza. Para solucionar o problema, a prefeitura da cidade implantou um novo sistema para a coleta e destinação adequada do material. Desde a semana passada, a Secretaria de Serviços Públicos passou a utilizar um triturador de galhos na hora do recolhimento do material.

Acoplada em um trator, a máquina transforma pedaços de árvores em lascas de madeira que serão utilizadas como adubo orgânico em jardins, praças e escolas. Além de evitar transtornos no trânsito e melhorar a qualidade de vida, o novo sistema trará também economia aos cofres públicos, já que substitui viagens e mão de obra para recolhimento do material.

O equipamento novo, porém não utilizado até então, passou por revisão feita por funcionários da pasta, que é responsável pelo agendamento e execução do trabalho. A máquina tritura até 3m³ de tronco em oito minutos.

Até então, o cidadão deveria descartar galhos de árvores apenas em dias que passava o caminhão de entulho, respeitando o cronograma e a quantidade de material estabelecida pela administração municipal. 

Para solicitar a autorização da poda da árvore, os ararenses devem entrar em contato pessoalmente no Ganha Tempo, que fica na Rua Francisco Leite, 152, no Centro. Já para agendar a retirada e trituração dos galhos, após o corte ser autorizado pelos técnicos, basta ligar na Secretaria de Serviços Públicos no telefone 3542-1386.