Vista do interior da antiga estação ferroviária, na Rua 1, Centro de Rio Claro

Ednéia Silva

Vista do interior da antiga estação ferroviária, na Rua 1, Centro de Rio Claro
Vista do interior da antiga estação ferroviária, na Rua 1, Centro de Rio Claro

Muito tem se falado sobre trem de passageiros em Rio Claro nas últimas semanas. Tanto que dois projetos em andamento têm sido confundidos pela comunidade. A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) iniciou campanha pelo retorno do trem de passageiros. Já Câmara e a Prefeitura tem projeto para implantação do Trem Turístico e Museu Ferroviário na cidade.

A vereadora Maria do Carmo Guilherme explica que esse projeto ainda está na primeira fase com a reimplantação de 100 metros de trilhos na antiga estação ferroviária, na Rua 1, entre as Avenidas 2 e 3. A recolocação foi determinada pelo Ministério Público. Os trilhos foram retirados na época do governo Cláudio Di Mauro, mas sem autorização do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico).

Publicidade

Agora, os trilhos estão sendo recolocados pela empresa Rumo/ALL. A iniciativa conta com o apoio da Associação Brasileira para a Preservação da Ferrovia (ABPF). A vereadora informa que a segunda etapa é a implantação do trem quando a Rumo/ALL vai fazer levantamento de custo do projeto. Segundo ela, nas outras cidades onde a ABPF tem o Trem Turístico, a associação paga aluguel pelo uso dos trilhos. Ela lembra que Rio Claro já tem uma locomotiva de passageiros e um carro bar. Para viabilizar o projeto é necessário a autorização da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Com relação ao trem de passageiros, o projeto da criação de trens metropolitanos está sendo desenvolvido pelo governo estadual. A linha ligará São Paulo a Americana. A OAB iniciou campanha para que Rio Claro seja incluído na primeira etapa desse projeto, ou seja, para que o percurso do trem seja estendido até Rio Claro.

O autor da ideia foi o desembargador aposentado Irineu Carlos de Oliveira Prado, que é filho de ferroviário. Ele foi nomeado pela OAB para representar a entidade nesse pleito. Desde então reuniões foram realizadas no sentido de conseguir o apoio de entidades para a causa. A campanha também foi estendida para as cidades da região como Santa Gertrudes, Cordeirópolis e Limeira, que também serão beneficiadas.

No momento está sendo feita coleta de assinaturas para a confecção de um abaixo-assinado. Depois de pronto, o documento será encaminhado para as autoridades no sentido de sensibilizá-las para a causa. O Trem Turístico deverá oferecer viagens curtas com embarque e desembarque na estação. Já o trem de passageiros deverá parar na estação no Jardim Guanabara.

DIA DO FERROVIÁRIO

Maria do Carmo informou que o Dia do Ferroviário, comemorado no dia 26 de abril, terá várias atividades na antiga estação. Integrantes dos segmentos ligados à ferrovia vão desembarcar na estação onde será realizada uma missa às 8h30. A locomotiva de passageiros e o carro-bar estarão em exposição no local. Haverá exposição de ferromodelismo de Rio Claro e região e artesanato. A Seresta e a Banda Sinfônica União dos Artistas Ferroviários vão se apresentar na estação. As atividades serão realizadas das 8h30 às 16 horas.

Mais em Notícias:

TikTok move processo para tentar reverter banimento nos EUA

Bienal do Livro de São Paulo terá a primeira edição virtual

Mega-Sena acumula e pagará R$ 43 milhões na quarta-feira