Moradores da região da Vila Alemã estão questionando a instalação de uma torre de telefonia que está acontecendo nesta semana na Avenida 24-A, no bairro.

De acordo com a reclamação, a colocação da torre descumpre regras do município em relação à distância do terreno, entre outros pontos. Moradores alegam que o equipamento, próximo das residências, como está sendo instalado, causaria prejuízos à saúde de quem vive na região.

A polêmica acontece há mais de um ano e os moradores buscam na justiça uma solução. A obra chegou a ser embargada no final do ano passado, mas com uma autorização judicial, voltou a ser realizada no mês de novembro.

Questionada, a prefeitura municipal informou que cumpre decisão da Justiça proferida no mês passado determinando a suspensão do embargo e emissão de alvará para a instalação da antena. O município informa que pretende recorrer dessa decisão, que é de primeira instância.

O fechamento da rua também foi questionado pelos moradores e o poder público informou que o setor de Mobilidade Urbana e Sistema Viário autorizou a interdição da via pública para as obras de instalação da antena, visando a segurança de motoristas e pedestres. Conforme a norma, o fechamento da via e a sinalização da interdição são feitos pelo solicitante. Agentes municipais de trânsito estiveram nesta terça-feira no local e constataram que os procedimentos da interdição estão de acordo com as leis de trânsito.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Morador em situação de rua é agredido a facadas e pauladas em RC

Boletim policial desta segunda-feira(26)

Escolas e unidades de saúde têm vacinação amanhã