Elektro foi acionada para realizar devidos na rede de alta tensão que alimenta a ETA 1. Previsão de normalização do abastecimento é para noite/madrugada de sexta para sábado (4)

A tempestade da tarde desta sexta-feira (3) deixou vários pontos da cidade sem energia elétrica. Um deles foi a Estação de Tratamento de Água (ETA 1), no bairro Cidade Nova. O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) de Rio Claro informa que a rede de alta tensão que alimenta a ETA 1 foi danificada pela forte chuva e já acionou a concessionária de energia elétrica do município para a realização dos devidos reparos para então retomar as operações de captação, tratamento e fornecimento de água na ETA 1. A previsão inicial para a retomada da energia e normalização do fornecimento de água aos bairros abastecidos pela ETA 1 é para durante a noite/madrugada de sexta para sábado (4).

Pode ocorrer baixa pressão ou interrupção temporária no abastecimento de água nos imóveis sem caixa d’água nos distritos de Batovi e Assistência, a área industrial na região da Rodovia Fausto Santo Mauro e os bairros: Bela Vista, Cidade Nova, Vila Alemã, Santa Cruz, Santana, Alto do Santana, Centro, Cidade Jardim, Saúde, Copacabana, Bairro do Estádio, São Benedito, Cidade Claret, Vila do Rádio, Jd. Inocoop, Jd. Mirassol, Jd. Novo 1 e 2, Jd. Anhanguera, Jd. Kennedy, Jd. Donângela, Jd. Condutta, Jd. Itapuã, Jd. do Trevo, Jd. Nova Veneza, Jd. Brasília 1 e 2, Jd. Rio Claro, Jd. Quitandinha, Jd. Do Trevo, Olímpio, Jd. Shangrila, Jd. Tijuca, Vila Operária, Vila Paulista, Vila Santo Antonio, Vila Indaiá, Vila Aparecida, Vila do Horto, Consolação, Parque Flórida, bairro Olímpico, Porto Fino e Condomínio Europa.

A ETA 1 fica no bairro Cidade Nova e fornece água para as regiões Norte, Sul e Central, correspondendo a 40% do municípi. Os outros 60% são abastecidos pela ETA 2, que fica na estrada que liga o Distrito Industrial ao Distrito de Ajapi e segue funcionando normalmente. O Daae informa que ter caixa d’água nos imóveis diminui transtornos em ocasiões como esta.

Serão feitas descargas na rede, mas a paralisação pode ocasionar casos pontuais de água escura, que devem ser relatados à Central de Atendimento da autarquia, no telefone 0800-505-5200, que atende 24 horas telefones fixos e celulares.

A água também poderá ficar com aspecto “esbranquiçado”, gerado por microbolhas, que somem depois de alguns segundos, sem prejuízo à qualidade da água.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.