Superlotação em ônibus Rio Claro-Piracicaba volta a ser alvo queixas

529

Da Redação

Ônibus da linha suburbana intermunicipal estacionado em ponto
Ônibus Rio Claro-Piracicaba estacionado em ponto localizado em frente ao Shopping Rio Claro (foto arquivo)

A superlotação nos ônibus da linha intermunicipal suburbana Rio Claro-Piracicaba voltou a ser alvo de críticas por parte de usuários. O problema acontece principalmente nos horários do início da manhã, entre 6 e 8 horas. A queixa é que muitos passageiros viajam em pé acima do limite permitido por lei, que é de 25 pessoas.

A reclamação foi feita pela usuária do sistema Janaina Augusto. Assim como ela, anteriormente, outras pessoas já procuraram o JC para reclamar do problema que já foi abordado em outras matérias feitas pelo JC.

Procurada, empresa VB Transportes não quis se manifestar sobre o assunto. Apenas disse que a linha suburbana permite o transporte de passageiros em pé dentro do permitido pela legislação.

Para fugir da superlotação, os passageiros têm a opção de viajar em outros horários. Antes das 06h40, horário de maior pico, tem ônibus às 05h40 e depois às 07h30. Outra opção é utilizar os ônibus da linha intermunicipal que sai do terminal rodoviário.

A Artesp (Agência de Transporte de São Paulo), por meio de sua assessoria de imprensa, informou que recebeu apenas uma reclamação de usuário sobre superlotação na linha Rio Claro-Piracicaba neste ano. “A agência já cobrou explicações da empresa e acionou o setor de fiscalização para acompanhar o caso”, disse.

A Artesp explica que as irregularidades podem ser denunciadas à Ouvidoria pelo telefone 0800-727-8377 ou pelo e-mail artespouvidoria@sp.gov.br.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: