Superlotação de Cemitério Municipal abre discussão

295

Lucas Calore

Vista aérea do Cemitério Municipal São João Batista, situado no bairro Consolação, que conta com 14 mil túmulos atualmente (Foto: Bruno Leite)
Vista aérea do Cemitério Municipal São João Batista, situado no bairro Consolação, que conta com 14 mil túmulos atualmente (Foto: Bruno Leite)

O momento da partida de um ente querido nunca é fácil para os familiares. Em meio ao luto, questões burocráticas devem ser resolvidas, como organização do velório e sepultamento. A população rio-clarense tem à disposição três cemitérios, sendo um municipal e dois particulares.

Recentemente, internautas utilizaram um grupo de debates da cidade numa rede social para discutir a superlotação do Cemitério Municipal São João Batista, que atualmente tem 14 mil túmulos.

Muitos questionaram o fato de que muitos desses túmulos existentes no local já não são mais usados pelas famílias e, ainda assim, não são entregues para reúso de quem necessita. Com isso, a ideia de se construir um novo cemitério para a comunidade ganhou força.

O que diz a Prefeitura

A reportagem do Jornal Cidade entrou em contato com a Prefeitura de Rio Claro para avaliar a questão. Em nota, a assessoria de imprensa informou que três cemitérios estão em pleno funcionamento.

“Portanto, um novo cemitério não está entre as prioridades no momento. Vale lembrar que o Cemitério Municipal dispõe de dois ossários”, informa a administração do cidade.

População carente

Outro ponto questionado pelo JC é quanto ao atendimento às famílias carentes do município. Esses grupos sociais que não possuem títulos de túmulos são atendidos de que forma? A Prefeitura explica que o Serviço Social faz a avaliação sobre as condições da família. “Esse é o primeiro passo para a cessão de gaveta por um período de três anos”, diz em nota.

Depois desse período, os restos mortais são recolhidos ao ossário ou a própria família deve fazer o encaminhamento para outra sepultura. O Cemitério Municipal São João Batista fica localizado na Rua 16, no bairro Consolação, onde ao lado também funciona o Velório Municipal.

Particulares

De outros dois cemitérios existentes em Rio Claro, o Parque das Palmeiras existe há mais de 30 anos no Jardim Residencial Copacabana. Já o Cemitério Evangélico foi fundado há mais de 150 anos no município pela Igreja Evangélica de Confissão Luterana de Rio Claro.

1 COMENTÁRIO

  1. Que tal motar um forno para cremação e oferecer serviço gratuito para famílias carentes se os mesmos optarem por este metodo ? Este der para outras famílias também. Eliminaria muitos problemas . Haja Paz entre todos

Qual sua opinião? Deixe um comentário: